27 de Abril – Sri Chinmoy, Reflexões

27 de Abril

A sua paciência devotada é o primeiro degrau da sua frutífera escada-paz.

O mundo está ainda a milhões de milhas distante da paz mundial. Mas, apenas, porque não vemos a realidade toda de uma só vez, isso não é razão para ficarmos desencorajados. Antes de o dia raiar, é escuro. Quando olhamos para a escuridão que está em volta e nos identificamos com ela, é-nos quase impossível ter fé no facto de que haverá luz. Mas há luz no fim do túnel. No fim da escuridão há luz.

Por a sua mente ser serena e calma,
A sua esperança de promover a paz-mundial,
Não permanecerá um sonho não realizado.


Reflexão “27 de Abril”, retirada do livro de Sri Chinmoy: A Jornada-Alma da Minha Vida.

ir para 26 de Abril >>