17 de março: Amor e Meditação – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-practise-feeling-oneness-38315

Medite, medite, medite! Dedique mais atenção à sua meditação. Passe mais tempo em meditação. Medite com toda alma, fervorosa e devotadamente.

 

Neste mundo, fazemos tudo pelo amor que temos às coisas e às pessoas. Fazemos coisas pelos seres humanos, por nossos familiares, por nossos filhos, porque os amamos. Adquirimos certas habilidades porque temos forte interesse nelas. Se sentirmos um amor verdadeiro pela meditação, poderemos então meditar facilmente. Devemos nutrir dentro de nós um amor pela meditação. A meditação não é um objeto. Ela é como uma matéria escolar. Gostamos de estudar história porque adoramos conhecer sobre os grandes eventos do mundo e as grandes figuras da história. De maneira similar, se tivermos amor verdadeiro por Deus, faremos a coisa necessária para O amar: começaremos a meditar.

 

Apenas um breve lembrete ao meditar:

Medite com toda alma;

Você derrotará a noite-ignorância

Facilmente.

Apenas uma breve lembrete ao meditar:

Medite incondicionalmente;

Você conquistará o Senhor Supremo

 Eternamente.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

16 de março: A Unicidade do Desapego – meditação matinal diária

IMG_1072

Pense nos outros. O seu coração ficará satisfeito com você. Liberte os outros do seu laço. O seu Deus ficará satisfeito com você.

 

Como podemos ser desapegados? Através da aspiração. Desapego não consiste em cortar completamente todos os relacionamentos. Desapego é o entendimento apropriado da verdade no seu próprio nível. No desapego veremos que somos um com a humanidade, com a força da nossa vida interior. Nós entendemos mal e tememos a palavra desapego porque sentimos que estaremos destruindo algo. Não, não estaremos destruindo nada. Na verdade estaremos nosligando, de modo adequado no mundo interior, às outras pessoas, com as nossas almas iluminadoras e preenchedoras. Isto nós fazemos através da aspiração. Quanto mais aspiramos, mais ampla se torna a nossa visão. E essa visão é a nossa realidade verdadeira.

 

As garras do apego podem me satisfazer

Por um fugaz segundo,

Mas,

O alcance do desapego

Certa e facilmente, pode me satisfazer

Por toda a minha vida.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

15 de março: Apego e Unicidade – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-reach-of-aspiration-heart

Caso não tenha percebido, há um elo inevitável entre a vida-desejo humana e a incessante noite-frustração.

 

Não importa quão bem alicerçada é sua vida espiritual, vocêperceberá que no apego há apenas frustração. Nele, se os seus desejos não são satisfeitos, imediatamente surgirá a frustração. Na vida espiritual devemos cessar com todos os apegos. Estar liberto deles não significa que vocêdeva ser frio, indiferente e distante de todos. O apego deve ser transformado em entendimento e unicidade apropriados. Apego não é unicidade verdadeira e normalmente existe só no momento; então, uma vez longe dos olhos, longe também do coração. A verdadeira unicidade com os seres humanos é da maior importância. Na unicidade nós nunca ficamos frustrados, porque ela contemo mais forte entendimento interior, que é a iluminação.

 

Se deseja sinceramente libertar-se

Da selva-apego,

Associe-se então com os buscadores

Que têm mais fé em Deus

E mais amor a Deus

Do que você tem.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

14 de março: A Cura pela Yoga – meditação matinal diária

palavra-do-dia-one-word-wakes-humanity-love

Oculte o seu nervosismo; você acabará morrendo. Mostre o seu nervosismo; no fim você será o vencedor.

 

Todo mundo é capturado por inquietação e nervosismo. A verdadeira meta de praticar yoga é ter paz, paz de espírito. Quando alguém obtém paz de espírito, automaticamente possuirá uma indômita força interior. Como pode o nervosismo entrar em alguém que está pleno de paz interior? Não poderá haver desassossego e nem nervosismo. O nervosismo vem quando você retira uma parte do todo. O medo vem quando você separa uma parte do todo. Deus é o todo. Deus é o Absoluto. Ao praticar yoga, você toca o Absoluto e entra dentro do Absoluto, não permanecendo uma parte separada do todo. Quando você entra no Absoluto, tudo é força e poder; não há medo. Na yoga você pode curar todo nervosismo, toda inquietação e toda imperfeição.

 

Diga à sua mente duvidosa: “Não!”

Diga ao seu coração amoroso: “Sim!”

Você será aliviado

Da sua tensão nervosa.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

13 de março: O Amor Infinito – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-regret-nothing-but-waste-har

Ame a Deus, apenas a Deus, sem reservas – e, se possível, incondicionalmente.

 

Ame. A quem você está amando? Você está amandoao Supremo em cada indivíduo. Quando ama o corpo, você se prende. Quando ama a alma, liberta-se. É a alma em cada indivíduo, é o Supremo em cada ser humano, que vocêama. Nada pode ser maior do que o amor. Deus é grandioso apenas porque Ele é Amor infinito. Se alguém deseja definir Deus, pode fazê-lo de milhões de maneiras, mas eu gostaria de lhe dizer que nenhuma definição é tão adequada quanto: “Deus é todo Amor.” Se o medo sobe à nossa mente, quando dissermos “Deus”, estaremos a milhões e bilhões de milhas distantes Dele. Quando repetirmos o Seu nome, se o amor vier à tona, isto significará que as nossas orações, concentração, meditação e contemplação são genuínas.

 

Apenas ame Deus um pouco mais;

Apenas pense em si um pouco menos.

Eis que

Todos os seus inimagináveis problemas estarão resolvidos.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

12 de março: As Ações Sagradas – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-religion-oneness

Todas as nossas ações deveriam ser para agradar a Deus e não para receber aplausos. As nossas ações são muito secretas e sagradas para serem reveladas aos outros. Elas são destinadas ao nosso próprio progresso, conquista e realização.

 

Para estarmos conscientes de Deus durante as nossas atividades diárias, devemos sentir que cada ação que praticamos é igualmente importante aos Olhos de Deus. Devemos agir com uma postura de entrega, com pensamentos puros e uma mente iluminada. Se agirmospara satisfazer o nosso ego, vaidade ou orgulho, nós nunca ficaremos conscientes da nossa divindade interior e, por conseguinte,  não estaremos conscientes da nossa real existência na nossa vida exterior. Deus tem uma missão especial para cada um de nós e a nossa alma encarnou para manifestar essa missão. Devemos sentir que temos um propósito divino, uma meta divina.

 

O seu coração veio ao mundo

Para trabalhar por Deus

E não para ser cultuado pelo homem.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

11 de março: Perseverar na meditação – meditação matinal diária

palavra-do-dia-only-humility-knows-how-to-appreciate

Se a sua meditação é verdadeiramente elevada e profunda, você está destinado a ter um diálogo silencioso com a paz.

 

O caminho para encontrar paz interior é meditar no coração, onde há constante alegria e constante amor. Nessa hora não iremos clamar pela apreciação dos outros. Dependeremos da nossa Fonte interior, onde há alegria infinita, amor infinito e paz infinita.

 

Não desista,

Não desista!

A sua vida-oração

É a sua futura salvação.

O seu coração-meditação

É a sua futura perfeição.

Não desista!

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.