Esta felicidade É a manifestação da Satisfação-Deus Em e através de você. -Sri Chinmoy Poemas, frases e mensagens

Antes de você estar aspirando,

Você estava feliz com o mundo.

Mas saibe que

Aquela felicidade

Não é a mesma felicidade

Pela qual você anseia agora.

Aquela felicidade

Era a sua felicidade-tentação-repleta.

Esta felicidade

É a manifestação da Satisfação-Deus

Em e através de você.

-Sri Chinmoy

 

Poemas, frases e mensagens

Eu sou feliz… – Sri Chinmoy

Eu sou feliz

 

Sou feliz porque sempre escolho o momento certo.

Sou feliz porque sou um bom ouvinte.

Sou feliz porque mantenho minha voz baixa.

Sou feliz porque não tento convencer os outros.

Sou feliz porque não reclamo.

Sou feliz porque não faço duas coisas ao mesmo tempo.

Sou feliz porque nunca penso em dois objetos ao mesmo tempo.

Sou feliz porque descobri a verdade de que a coisa mais importante na minha vida é a auto-melhoria.

Sou feliz porque valorizo o que há de bom nos outros sem reservas.

Sou feliz porque diminuí consideravelmente minhas necessidades desejadas.

Sou feliz porque sigo meu programa de controle de pensamentos todos os dias.

Sou feliz porque nunca desisto.

Sou feliz porque todos os dias purifico o meu coração ao oferecer o meu coração de gratidão ao Supremo Absoluto.

Sou feliz porque sei que o meu amor pela pureza faz maravilhas.

Sou feliz porque faço uma oração diária, que é:

Ó Amado Supremo,

Ó Piloto Supremo da Eternidade,

Transforme o mundo,

Começando comigo, com a minha vida, com o meu todo.

Sou feliz porque todos os dias eu choro e choro para ver o Verdadeiro em mim. O Verdadeiro em mim é a minha unicidade divina, sem reservas e incondicional com a Vontade do meu Amado Supremo.

Sou feliz, mas não porque sou para o meu Piloto Supremo, não porque o meu Piloto Supremo é por mim, mas porque o meu Piloto Supremo eternamente é. Sua própria existência aqui na Terra, lá no Céu, é a minha satisfação. Quando tento ter Ele para mim, eu o puxo para a minha vida-desejo. Mas quando eu sou por Ele, eu levo a minha vida-desejo até Ele. Eu não quero amarrar o meu Amado Supremo. De agora em diante, a minha satisfação, a minha satisfação suprema, estará apenas na minha descoberta do fato que Ele apenas eternamente é.

-Sri Chinmoy

 

… e essa alegria divina é o único propósito da vida. – Sri Chinmoy

A verdadeira alegria interior é autocriada,

Não depende de circunstâncias exteriores.

Um rio flui em você e através de você,

Carregando a mensagem da alegria,

E essa alegria divina é o único propósito da vida.

– Sri Chinmoy

do livro As Asas da Alegria

Meus poemas favoritos – escritos por Sri Chinmoy

 

A Sempre-Nova Visão

e

A Sempre-Ancestral Realidade

*

 

Poemas de Sri Chinmoy

Título original: “The Ever-New Vision and the Ever-Ancient Reality”

Traduzidos ao português pelo Centro Sri Chinmoy Brasil

3/set/2013

 

 

 

*

 

 

Uma seqüência interminável de céus

Onde não há ar.

Um anseio interior me compele a trazer

Uma guirlanda de poemas

Para adorá-Lo.

O altar está vazio.

Quero preenchê-lo;

Quero cobri-lo de poemas,

Com uma guirlanda de poemas.

Sei que é apenas assim

Que posso esquecer dos sofrimentos e alegrias

Que devem ser esquecidos.

 

*

 

Meu Amado, eu amo Você.

Eu Lhe trouxe

Algumas belas flores

Que colhi hoje pela manhã.

Eu desejo adorá-Lo com estas flores.

Ah, Você sorri porque sabe

Que estas flores, na verdade, pertencem a Você.

Estou decorando-O com Seus próprios presentes.

 

*

 

As nuvens velejam em direção a um mundo desconhecido,

Enfeitadas com beleza miríade.

Um rosto sorridente as acompanha.

As nuvens velejam em direção a uma terra desconhecida.

Ó céu, conte-me para onde as nuvens viajam.

Pergunto com olhos cheios de lágrimas.

Ó céu, você fará minha vida tão luminosa

E bela quanto as nuvens?

Ó céu, conte-me para onde as nuvens velejam.

 

*

 

Pelo toque de quem o lírio sorri

E abre seu botão-beleza?

A luz-de-lua da beleza de quem

Eu vejo no lírio?

Quem é o Olho de meu olho?

Quem é o Coração do meu coração?

Ora, por que eu não O vejo,

Sua Face de Beleza Transcendental,

Mesmo em meus sonhos?