12 de janeiro: A Riqueza Espiritual – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-yesterdays-failures-must-be-forgotten

Quando depositamos toda a nossa atenção no mundo material e negligenciamos o mundo interior, deixamos a nossa alma à míngua. A alma deve ser trazida à frente. Se pensarmos que poderemos conseguir riqueza infinita do mundo material, estaremos completamente equivocados.

 

Há uma diferença entre riqueza espiritual e riqueza material. Quando você usa o dinheiro adequadamente, você pode desfrutar dele por algum tempo, mas gradualmente ele desaparecerá. No entanto, se usar corretamente a riqueza espiritual, a qual é paz, luz e felicidade, se a oferecer para a pessoa certa, automaticamente, o Supremo preencherá o seu próprio receptáculo, o recipiente dentro do seu coração. Se você começar com um pouco de paz e a usar de um modo divino, o Supremo estará pronto a lhe conceder uma paz abundante. Se você começar a aplicar as qualidades de paz, luz e felicidade corretamente, de um modo divino, então, quando se sentir perturbado ou agitado pelas forças ruins do mundo exterior, asseguro-lhe que a Fonte o suprirá com mais paz, luz, felicidade e todas as outras qualidades divinas.

 

Não é inevitável

Que algumas pessoas se tornem ricas

Enquanto outras permaneçam pobres.

Isso depende inteiramente da sua avidez pela riqueza.

Da mesma forma, a sua riqueza espiritual

Depende do seu anseio por tornar-se espiritualmente rico.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

“Eu mesmo sou um mau instrumentista.” – Joseph Haydn

Joseph Haydn

 

Em qualquer âmbito da vida, aquele que oferece compaixão e encorajamento é certamente uma grande mente e um bom coração.

Conversando com uma criança violinista, Haydn disse: “Você não precisa ficar com medo de mim, meu garoto. Eu mesmo sou um mau instrumentista.”

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

“O deleite deve ser a base e a meta desta arte.” – Rossini

Gioacchino Rossini

 

A luz-sabedoria védica da Índia diz ao mundo que do deleite viemos, no deleite crescemos e, ao fim da nossa jornada, retornaremos ao deleite, a nossa eterna Fonte.

O músico supremo em Rossini possui praticamente a mesma mensagem:

“O deleite deve ser a base e a meta desta arte.”

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

“Não veio de mim – foi das alturas.” – Haydn

Joseph Haydn

 

Haydn, não apenas você oferece compaixão e encorajamento, mas também humildade e sinceridade genuína:

“Os amigos me bajulam dizendo que tenho um gênio para a música, mas ele [Mozart] está muito acima de mim.”

A sua humildade devotada é orgulhosamente abençoada pelas Alturas altíssimas. Numa performance de “A Criação”, você afirma: “Não veio de mim – foi das alturas.”

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

“Eu não gostaria de ser compreendido por todos.” – Robert Schumann

Robert Schumann

 

“Eu não gostaria de ser compreendido por todos.”

– Robert Schumann

 

O filósofo em você

É divinamente grandioso.

O Deus-amante em você

É supremamente bondoso.

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

“Música não é ilusão, mas revelação.” – Peter Ilyich Tchaikovsky

Peter Ilyich Tchaikovsky

 

“Música não é ilusão, mas revelação.”

– Peter Ilyich Tchaikovsky

 

Não é necessário ser um músico da mais alta ordem para enxergar através dos seus olhos. Qualquer homem, sendo um amante da música, sabe e sente que o seu aforismo imortal, proferido pelo músico supremo em você, é absolutamente verdadeiro.

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

“Eu gostaria de escrever meus sonhos musicais num espírito de desapego pessoal.” – Claude Debussy

Claude Debussy

 

“Eu gostaria de escrever meus sonhos musicais num espírito de desapego pessoal.”

  • Claude Debussy

 

Desapego pessoal é de importância suprema. Quando temos desapego pessoal, podemos entrar no mundo da auto-transcendência. Auto-transcendência incorpora ao mesmo tempo a perfeita perfeição e a completa satisfação.

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

Muito tempo atrás decidi que o meu universo seria a alma e o coração do homem. – Chopin

Frederic Chopin

 

Chopin, a sua valorização de Bach e Beethoven é ao mesmo tempo extremamente iluminadora e ricamente preenchedora:

“Bach é como um astrônomo que, com a ajuda de códigos, descobre as mais maravilhosas estrelas… Beethoven abraçou o universo com o poder do seu espírito… Eu não subo tão alto. Muito tempo atrás decidi que o meu universo seria a alma e o coração do homem.”

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

 

“Nada entendo sobre música.” – Richard Wagner

Richard Wagner

 

Não sabemos como e quando e em que consciência Wagner está quando diz: “Nada entendo sobre música.”

Mas numa carta a Liszt ele declara: “O que minhas paixões exijam de mim, torno-me aquela própria coisa – músico, poeta, autor, palestrante ou qualquer outra coisa.”

O que Wagner escreveu é de instrução sublime e inspiração infalível.

 

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

Críticas – Richard Wagner

Richard Wagner

 

Não apenas um músico de sublimes altitudes, mas um ser humano que podia suportar impiedosas chuvas de crítica, diferente da maioria dos seres humanos.

“Disseram-me que a música de Wagner é melhor do que ela soa.”

  • Mark Twain

 

“Wagner é um ser humano mesmo? Não seria uma doença, ao invés? Ele contamina tudo o que toca – enjoa a música… a arte de Wagner é doentia.”

  • Friedrich Nietzsche

 

“Felizmente para Wagner, ele possui um temperamento tão insolente que as críticas não conseguem tocar o seu coração – partindo-se do pressuposto que ele tenha um coração, do que eu duvido.”

– Georges Bizet

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

Sobre o jovem Mozart de quinze anos

Wolfgang Amadeus Mozart

 

A insegurança e inveja reinam supremas. A geração antiga acha difícil, senão impossível, apreciar, admirar e adorar a nova geração. Mas aquele que transcendeu o poder do tempo e espaço é a nobreza encarnada. Assim, ele se torna uma dádiva especial da Divindade para a humanidade. E aquele que não possui um coração magnânimo é certamente um colossal fracasso na consciência evoluinte da humanidade.

Sobre o jovem Mozart de quinze anos, Johann Adolf Hasse disse: “Esse menino fará com que nós todos sejamos esquecidos.”

 

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

“Não dou atenção aos elogios ou críticas de ninguém… eu simplesmente sigo a minha intuição.” – Mozart

Wolfgang Amadeus Mozart

 

Se você conseguir permanecer inalterado tanto ao ser lançado no abismo abissal quanto içado aos céus, conseguirá alcançar e oferecer algo divinamente grandioso e supremamente bom. Quando o compositor fecha seus olhos e ouvidos ao mundo enquanto compõe, seus olhos e ouvidos interiores veem a beleza do Céu e ouvem as mensagens do Paraíso. E ele merece seu lugar na galáxia de Imortais.

Mozart escreveu para o seu pai: “Não dou atenção aos elogios ou críticas de ninguém… eu simplesmente sigo a minha intuição.”

 

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

“Se eu estava no meu corpo ou fora dele enquanto a escrevi, eu não sei. Deus sabe.” – Handel

George Frederic Handel

 

Quando o compositor está carregado de inspiração, aspiração e dedicação das Alturas transcendentais, ele vai muito além do limite-corpo. Ele traz o deleite da Imortalidade e o distribui ao mundo todo. Ele se torna o pioneiro da jornada Céu-ascendente da Terra.

Ao compor o Coro de Hallelujah, Handel nos disse: “Se eu estava no meu corpo ou fora dele enquanto a escrevi, eu não sei. Deus sabe.”

Deus o Agente escolhe o seu instrumento dedicado para revelá-Lo e manifestá-Lo na Terra de uma forma nunca antes vista.

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

“Meu Senhor, terá sido uma pena se eu apenas os entretive; eu gostaria de torná-los melhores.” – George Frederic Handel

“Meu Senhor, terá sido uma pena se eu apenas os entretive; eu gostaria de torná-los melhores.”

– George Frederic Handel

 

Os músicos que têm a capacidade de entreter a audiência são certamente grandes. Mas os músicos que têm a capacidade de inspirar e iluminar a audiência são infinitamente melhores e mais grandiosos.

Assim como a comoção vital consegue abaixar a consciência dos seres humanos, o toque psíquico pode elevar a consciência da audiência. Os músicos que desejam fazer um mundo melhor com sua música alma-comovente são o orgulho inigualável da Mãe Terra.

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

 

Franz Peter Schubert “Por vezes me parece que não pertenço a este mundo.”

Franz Peter Schubert

 

“Por vezes me parece que não pertenço a este mundo.”

Através dos séculos tem se feito óbvio o fato que um homem grandioso está destinado a ser mal compreendido. Esse fato inalterável é certamente uma realidade dura. Mas, quando os contemporâneos ficam soterrados no esquecimento, as conquistas imortais das figuras mundiais imortais adornam os quatro cantos do globo, as latitudes e longitudes do mundo.

Schubert, no firmamento da música-coração você é o poder da beleza e o silêncio do poder.

 

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

Schubert: Sua vida-sofrimento é a tragédia do mundo.

 

 

Franz Peter Schubert

 

Tenebrosas agonias torturam impiedosamente o seu coração de alegria quando a voz da sua vida sussurra:

“ ‘A minha paz se foi, meu coração dói, e nunca e nem nunca mais a encontrarei’ é o que eu bem poderia cantar todos os dias, pois, a cada noite, ao ir para a cama, espero não acordar mais, e cada manhã relembra a tristeza de ontem.”

Sua vida-sofrimento é a tragédia do mundo.

 

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

Franz Peter Schubert: “Aqui jazem ricos tesouros e belas esperanças.”

Franz Peter Schubert

 

“Aqui jazem ricos tesouros e belas esperanças.”

– Epitáfio na lápide de Schubert

 

A personificação

Do lacrimoso choro-coração da humanidade

E do poderoso sorriso-alma da Divindade.

 

O pássaro-esperança tenta voar

Além do horizonte da realidade.

A contribuição da realidade

Pode ser inimaginavelmente frutífera.

 

A morte arrebatou o seu corpo

Tristemente jovem de 31 anos.

Mas a Imortalidade guardou sua alma

Permanentemente aqui na Terra

Para ser entesourada eternamente.

 

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

Beethoven: No Céu nós somos. Na Terra nos tornamos.

Ludwig Van Beethoven

 

No Céu nós somos.

Na Terra nos tornamos.

No mundo interior nós somos.

No mundo exterior nos tornamos.

É certo que há um abismo imensurável

Entre “nós somos” e “nos tornamos.”

Infelizmente, nenhum ser humano

Pode permanecer

Ou está destinado a permanecer para sempre

Nas Altitudes transcendentais.

 

Ó crítico Eduard Hanslick, não estamos prontos para ouvir o que você teve a dizer:

“As primeiras composições de Beethoven são música; nas suas últimas composições, Beethoven inventa música.”

 

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

Beethoven: Com uma variedade inimitável de flores e frutos, você é a expressão-grandiosidade da fragrância-poder da Infinidade.

Ludwig Van Beethoven

 

Como a semente,

Como a planta,

Como a enorme árvore

Com uma variedade inimitável

De flores e frutos,

Você é a expressão-grandiosidade

Da fragrância-poder da Infinidade.

 

Este nosso mundo e o coração do mundo identificam-se completamente com o que disse a admiradora-lamentadora durante o seu funeral:

“Estão enterrando o general dos músicos.”

 

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

“Seria bom ouvir alguém assoviar casualmente algo que compus, em algum lugar, sequer uma vez.” – Leonard Bernstein

 

Leonard Bernstein

 

“Seria bom ouvir alguém assoviar casualmente algo que compus, em algum lugar, sequer uma vez.”

– Leonard Bernstein

 

Um pedido devotado

Não permanecerá desatendido.

A alma da divindade e o coração da humanidade

Têm tremenda satisfação

Em satisfazer um pedido encantador,

Carinhoso e devotado.

 

Você satisfez a sede

Do mundo-música.

Em você está o supremamente genuíno

Orgulho colossal do mundo-música.

 

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

Se Bach continuar a tocar desse jeito…

Johann Sebastian Bach

 

Um membro da Câmara de Vereadores da cidade de Arnstadt disse: “Se Bach continuar a tocar desse jeito, o órgão ficará em ruínas em dois anos, ou a maior parte da congregação ficará surda.”

 

Nem é preciso dizer

Que não sou páreo para Bach.

No mundo-música,

Ele é o Himalaia

E eu sou o formigueiro.

Mas tenho muito orgulho

Por conseguir devotadamente

Seguir seus passos.

 

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

 

“Isso só pode ser o diabo, ou o próprio Bach!”

Johann Sebastian Bach

 

Quando o príncipe-ignorância

Deseja instruir e guiar o mundo,

Particularmente o mundo-música,

Ele fala através de um organista de vila:

“Isso só pode ser o diabo, ou o próprio Bach!”

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

“Fui obrigado a trabalhar duro. Qualquer um que seja tão laborioso será igualmente bem sucedido.” – Johann Sebastian Bach

Johann Sebastian Bach

 

Sem sofrimento não há conquista.

Trabalho duro é preciso

Se deseja sucesso

Em qualquer esfera.

 

Apenas através da aspiração e determinação

É que alcançamos

Perfeição e satisfação.

 

O imortal aforismo do músico-soberano Bach diz:

“Fui obrigado a trabalhar duro. Qualquer um que seja tão laborioso será igualmente bem sucedido.”

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

A Música: o Anseio-Coração do Êxtase – citações musicais comentadas

 

Publicação original pela Agni Press, Nova Iorque, 1994

 

Nota do editor

Nota: todas as citações neste livreto “Música: o Anseio-Coração do Êxtase” foram retiradas de “A Dictionary of Musical Quotations”, edited by Ian Crofton and Donald Fraser, Routledge Publishers, London, 1985.

 

____________________

Comentários sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook