19 de julho: O Trabalho Abençoado – meditação matinal diária

meditacao-guiada-your-heart-must-become-sea-love

 Se a sua mente planeja a transformação da sua vida, então o mundo-lar de paz será seu.

 

De acordo com certas pessoas, a vida humana é apenas uma palavra cruel, sem sentido e sem esperança, escrita com oito letras: trabalho. Eu gostaria de dizer que elas estão enganadas. Elas gostam do trabalho: o que elas detestam é o dever, o fardo do labor. Labor e favor rimam perfeitamente. Afinal de contas, favorecido por quem? Favorecido por Deus. Na realidade, aquele que trabalha para agradar a Deus é o filho escolhido de Deus, e somente ele é o Seu favorito. E mais, agradando a Deus, ele realiza e satisfaz-se a si mesmo. Então, ele diz ao mundo que a vida humana é uma palavra, divinamente significativa, com sete letras: alegria.

 

 Para um homem que não aspira,

Trabalho é punição,

Trabalho é tortura.

Para um homem que aspira,

O trabalho é uma benção,

O trabalho é uma alegria.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

18 de julho: A Ação Divina – meditação matinal diária

meditacao-guiada-your-master-sacred-bridge-to-cross-turbulent-river

Trabalhe devotadamente. Eis que você não será capaz de ver nenhuma diferença entre o Céu e a Terra.

 

Uma pessoa espiritual já encontrou o seu trabalho. O seu trabalho é o serviço desinteressado. O seu trabalho é a ação dedicada. De fato, ela não necessita de qualquer outra bem-aventurança. A sua ação é a divina aceitação da existência terrena, e para isso ela precisa de um corpo perfeito, de uma mente forte, de um coração devotado e de uma suprema-mente inspirada vida de receptividade interior e de capacidade exterior. Ação é entrar no campo de batalha da vida. Ação é conquistar os vastos sofrimentos e as inúmeras limitações da vida. Ação é transformar a imperfeição devoradora da vida em perfeição resplandecente. Ação é algo infinitamente mais profundo e mais elevado do que a mera sobrevivência da existência física. A ação é o segredo supremo, o qual nos capacita assumir a Eterna Vida.

 

Não existe trabalho tal

Que possa ser chamado de insignificante.

 Portanto devemos fazer tudo

Com o amor do nosso coração

E com o respeito da nossa vida.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

17 de julho: O Dever Supremo – meditação diária matinal

cropped-poema-de-sri-chinmoy-wherever-you-go-try-sow-souls-peace-seeds.jpg

Sejamos sábios. Podemos usar cada momento para um propósito divino. Podemos aplicar cada momento na execução do nosso sublime dever.

 

O dever é doloroso, tedioso e monótono, simplesmente, porque o fazemos com nosso ego, orgulho e vaidade. O dever é agradável, encorajador e inspirador quando o fazemos por amor a Deus. O que precisamos fazer é mudar a nossa postura em relação ao dever. Trabalhando por amor a Deus, não há obrigação. Tudo é alegria. Tudo é beleza. Cada ação deve ser realizada e oferecida aos Pés de Deus. O dever que é por amor a Deus é o dever supremo.

 

Ame muito a sua família.

Esse é o seu grande dever.

Ame mais ainda a humanidade.

Esse é o seu dever superior.

Ame a Deus mais do que tudo.

Esse é o seu grandiosíssimo dever,

O dever supremo.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

16 de julho: O Serviço Dedicado – meditação matinal diária

cropped-palavra-do-dia-no-greater-miracle.jpg

 A verdadeira felicidade repousa na entrega ao Supremo dentro de si – apenas lá e em nenhum outro lugar.

 

Por que trabalhamos? Trabalhamos para o nosso sustento e o dos nossos entes queridos. Também podemos trabalhar para manter o nosso corpo em boas condições. Um verdadeiro aspirante vê o seu trabalho como uma verdadeira benção. Para ele, o trabalho não é nada menos do que serviço dedicado, tendo descoberto a verdade de que oferecendo o resultado do que diz, faz e pensa, ele será capaz de realizar Deus. Ele trabalha por amor a Deus; vive por amor a Deus e realiza a Divindade por amor a Deus.

 

Não esteja interessado

Em receber crédito de Deus.

Esteja apenas interessado

Em servir a Deus.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

15 de julho: Os Soldados Divinos – meditação diária matinal

mirabai-love-wound-478x350

 

Assim como a flor é abençoada com fragrância e beleza, também cada ser humano é abençoado com pureza interior e divindade.

 

No nosso interior profundo a divindade clama por vir à tona. Lá, os soldados divinos são a nossa simplicidade, sinceridade, pureza, humildade e sentimento de unicidade. Esses soldados estão mais do que prontos e dispostos a lutar contra o medo, a dúvida, a ansiedade e a preocupação. Infelizmente, não temos nos identificado, conscientemente, com os soldados divinos. Estamo-nos identificando, consciente ou inconscientemente, com os soldados não-divinos e é por isso que a paz mundial ainda está distante. A paz mundial poderá ser obtida, revelada, oferecida e manifestada na Terra quando o poder divino do amor substituir o não-divino amor pelo poder.

 

Faça novos amigos interiores:

A pureza, a humildade e a divindade

Esperam pelo seu convite.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

14 de julho: A Única Resposta – meditação matinal diária

mirabai-mad-with-love-476x350

Na vida há muitas perguntas. Mas a entrega à Vontade de Deus é a única resposta.

 

Como podemos cumprir com as nossas responsabilidades? Tentamos de maneiras humanas, mas falhamos. Pensamos no mundo com boas ideias e pensamentos, mas ele permanece o mesmo de ontem. Amamos o mundo mas ele ainda continua cheio de crueldade e ódio. Tentamos agradar ao mundo mas ele não quer ser satisfeito. É como se o mundo tivesse feito um voto de que ele não se permitiria ser satisfeito. E por que é tudo isso acontece? É porque nós não agradamos ao nosso Piloto Interior, aquele a quem devemos agradar primeiro. Se nós não temos aspiração para satisfazer nosso Piloto Interior, como podemos oferecer ao mundo paz, alegria e amor? A menos e até que satisfaçamos o Piloto Interior, o mundo permanecerá um campo de batalha, onde os soldados do medo, dúvida, ansiedade, preocupação, imperfeição, limitação e escravidão lutarão e, consciente ou inconsciente-mente, faremos parte desses soldados não divinos. Medo, dúvida, ansiedade e preocupação nunca poderão oferecer-nos a paz mundial.

 

Olhe profundamente para dentro de si mesmo.

Você espera que Deus o satisfaça

À sua própria maneira?

Se for isso o que quer, você e sua vida

Serão completos fracassos.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

13 de julho: Como Oferecer Paz – meditação matinal diária

mirabai-creeper-lovesun-sea1-466x350

O amor próprio egoísta e o ódio de si mesmo são duas doenças, que podem ser curadas por um remédio, que é o amor a Deus.

 

Nós queremos agradar ao mundo, mas como poderemos fazê-lo se não nos agradam as nossas próprias vidas? É um absurdo gritante tentarmos agradar aos outros se não estamos satisfeitos com a nossa existência interior e exterior. Deus  deu-nos grandes bocas e com elas tentamos agradar aos outros, mas dentro dos nossos corações há um deserto árido. Se não temos aspiração, como poderemos oferecer paz, alegria e amor ao mundo? Como podemos oferecer qualquer coisa divina quando não praticamos o que pregamos? A espiritualidade proporciona-nos a capacidade de praticar o que pregamos. Se não trilharmos o caminho da espiritualidade,  apenas pregaremos; será um jogo unilateral. A nossa pregação frutificará, apenas, quando for praticada.

 

Para elevar a atmosfera-mundo,

Comece, a partir de hoje,

Com o coração que doa

E a vida de entrega.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.