Iluminação é a emergência do homem da sua imaturidade autoimposta. -Immanuel Kant

A iluminação é a emergência do homem da sua imaturidade autoimposta. Imaturidade é a inabilidade de utilizar sua compreensão sem a orientação de outro. Essa imaturidade é autoimposta quando a sua causa não se funda na falta de compreensão, mas sim na falta de coragem e determinação para utilizá-la sem a orientação de outro.

-Immanuel Kant

Trecho dos poemas de Ossian – MacPherson – Thomas Jefferson

Como dois negros córregos de altas montanhas encontram-se, fundem-se e rugem pela planície; ruidosos, turbulentos e negros, em batalha encontram-se Lochlin e Innis-fail: general cruzando golpes com general, homem com homem; aço tinindo em aço, elmos partidos ao meio; sangue jorrando e fumaça que assoma. Cordas murmuram no cedro polido. Dardos correm pelos céus. Lanças precipitam como círculos de luz que douram a tempestuosa face da noite. Como o ruído preocupado do oceano quando rolam altas as ondas; como o último repique do trovão do céu, tal é o som da batalha… pois muitos foram os heróis caídos; e longe vertido o sangue dos bravos.

-pequeno trecho dos poemas de Ossian, traduzido por MacPherson e selecionado por Thomas Jefferson como um dos melhores poetas que já existiram

Poema de morte de Dag Hammarskjold?

Escrito aproximadamente um ano antes do seu assassinato no Congo Belga, a serviço da ONU, provavelmente profético.

 

A lua presa dentre os galhos,

Preso por seu voto,

Meu coração pesava.

 

Nuas contra a noite,

As árvores dormiam. “Mas, seja feita a

Vossa Vontade e não a minha…”

 

O fardo continuava meu:

Não se podia ouvir o meu chamado

E tudo era silêncio.

 

Logo, agora, as tochas, o beijo:

Logo a aurora cinzenta

Na Sala do Julgamento.

 

O que seu amor ajudará lá?

Lá, a única questão

É se eu os amo.

 

-Dag Hammarskjold

26/11/1960

Citações do livro Markings, diário pessoal do segundo Secretário-Geral da ONU, Dag Hammarskjold

Citações do livro Markings, diário pessoal do segundo Secretário-Geral da ONU, Dag Hammarskjold

 

“When you have reached the point where you no longer expect a response, you will at last be able to give in such a way that the other is able to receive, and be grateful. When Love has matured and, through a dissolution of the self into light, become a radiance, then shall the Lover be liberated from dependence upon the Beloved, and the Beloved also be made perfect by being liberated from the Lover.”

 

“To have humility is to experience reality, not in relation to ourselves, but in its sacred independence. It is to see, judge, and act from the point of rest in ourselves. Then, how much disappears, and all that remains falls into place.

In the point of rest at the center of our being, we encounter a world where all things are at rest in the same way. Then a tree becomes a mystery, a cloud a revelation, each man a cosmos of whose riches we can only catch glimpses. The life of simplicity is simple, but it opens to us a book in which we never get beyond the first syllable.”