22 de março: O Passado é Poeira – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-peace-universal-peace-menaka

Ter uma consciência culpada não o faz obter luz ou sabedoria.

 

Se você fez algo que não é correto, procure então fazer a coisa certa, aquilo que é divino. Você usou para si aquele minuto, aquele segundo. Pode tê-lo usado para um propósito bom ou para um propósito ruim. Se o usou para um propósito errado, então use o próximo minuto para um propósito divino. Se utilizar este momento para um propósito divino, sem pensar no minuto prévio – quando você fez algo errado – o que acontecerá? A sua força positiva – o poder-vontade que usou para fazer a coisa certa – terá o seu poder pleno, na totalidade. Mas, se pensar no minuto passado com um sentimento de culpa, de que fez algo errado, logo no próximo minuto – quando estiver determinado a fazer a coisa certa – metade da sua força terá sido novamente perdida na escuridão e apenas metade poderá ser utilizada para a ação correta. Portanto, tente trazer à tona a sua força plena no minuto seguinte e anule o erro anterior.

 

O caminho sol-iluminado para realizar Deus

É esquecer claramente

E perdoar sabiamente as falhas do passado.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

21 de março: As Bençãos de Deus – meditação matinal diária

palavra-do-dia-not-the-power-to-conquer-others-sharani

Quando tenho bons pensamentos, sinto que o homem não é, afinal de contas, tão ruim.

 

Deus nos deu uma mente inteligente. Ele nos deu um corpo sadio. Ele nos deu um vital forte. Ele nos deu muitas coisas para apreciar. Ele nos deu receptividade. Vamos encher o nosso copo até a borda com bons pensamentos, pensamentos divinos; Deus nos deu a potencialidade, a possibilidade e a oportunidade de desenvolver as nossas boas qualidades. Se nós formos realmente sinceros, sentiremos que Deus nos concedeu bençãos além da nossa capacidade – não apenas além da nossa capacidade, mas além da nossa necessidade.

 

Pela manhã Deus me abençoa

Com intenções puras.

À tarde Deus me abençoa

Com idéias claras.

À noite Deus me abençoa

Com recompensas extraordinárias.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

20 de março: Deus em cada Ser Humano – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-peaceful-world-necessity

Considere as suas obrigações terrenas como obrigações divinas. Logo verá que Deus é responsável pelo fruto das suas ações.

 

Se entregou a Deus tudo o que tem e tudo o que é, você então poderá sentir que Deus é responsável por todas as suas atividades. Se você se acha responsável pelos seus filhos, pelos seus pais, pelos seus amigos, sentindo que tem de acender a chama da aspiração ou iluminar a natureza obscura dessas pessoas, saiba que está enganado; você não obterá paz para si mesmo e nem estará apto a oferecer paz a qualquer um dos filhos de Deus na Terra. Deus é o responsável; Deus é indispensável. Você deve trabalhar com toda alma, devotada e incondicionalmente, para ver Deus em cada ser humano, a todo momento. E é através da entrega consciente e incessante à Vontade de Deus, que você será capaz de sentir isso.

 

Agora que você se tornou

O alvorecer-entrega da sua própria vida,

Deus está lhe concedendo

O Céu-Imortalidade do Seu Coração.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

19 de março: A Graça de Deus e a Lei do Karma – meditação matinal diária

palavra-do-dia-not-the-power-to-conquer-others

A Graça de Deus pode e irá apagar o passado, se e quando, você estiver pronto para encarar e transcender os acontecimentos da sua vida atual.

 

Quando fazemos algo de errado e sabemos que há Alguém que tem infinita Graça, infinita Compaixão, nós o procuramos em busca de socorro. Mas também precisamos entender, conscientemente, que não deveríamos fazer coisas erradas, porque a  lei do karma, a lei  da ação, agirá  sobre  nós. Se continuo a fazer coisas erradas, como posso esperar uma vida melhor, uma vida mais satisfatória? Eu deverei pagar pelo que fiz. A todo momento, Deus tem me dado a chance de fazer a coisa certa ou, caso eu faça amizade com a ignorância, de fazer a coisa errada. Portanto, depende de mim. Se eu faço a coisa certa, naturalmente terei a Luz, Paz, Bem-Aventurança, Harmonia e Perfeição de Deus na minha vida; mas se fizer a coisa errada, deverei pagar o preço estipulado pela lei do karma.

 

Nenhuma experiência fica gratuita

No mundo exterior.

Nenhuma realização é gratuita

No mundo interior.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

18 de março: Que a Força Positiva esteja com Você – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-positive-thinking

Se constantemente acolhermos pensamentos bons, pensamentos puros, pensamentos divinos, as forças negativas não conseguirão permanecer conosco.

 

Todos os dias, cedo pela manhã, pelo menos por cinco minutos, devemos exercitar o nosso pensamento positivo, vontade positiva e força positiva. O que queremos dizer com força positiva? Significa que a Verdade existe dentro de nós e está sendo realizada. Então, tentemos sentir que a verdade já está corporificada. Por fim, procuremos sentir que a Verdade deve ser revelada e manifestada em e através de nós. Assim, não poderá haver força negativa que nos perturbe ou que destrua a nossa aspiração. Muitas vezes permitimos às forças negativas que nos ataquem. Todavia, se não lhes dermos a oportunidade, as forças negativas terão de ficar a milhares de milhas longe de nós.

 

Apenas ame mais a vida elevada.

A vida inferior

Automaticamente se afastará de você.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

17 de março: Amor e Meditação – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-practise-feeling-oneness-38315

Medite, medite, medite! Dedique mais atenção à sua meditação. Passe mais tempo em meditação. Medite com toda alma, fervorosa e devotadamente.

 

Neste mundo, fazemos tudo pelo amor que temos às coisas e às pessoas. Fazemos coisas pelos seres humanos, por nossos familiares, por nossos filhos, porque os amamos. Adquirimos certas habilidades porque temos forte interesse nelas. Se sentirmos um amor verdadeiro pela meditação, poderemos então meditar facilmente. Devemos nutrir dentro de nós um amor pela meditação. A meditação não é um objeto. Ela é como uma matéria escolar. Gostamos de estudar história porque adoramos conhecer sobre os grandes eventos do mundo e as grandes figuras da história. De maneira similar, se tivermos amor verdadeiro por Deus, faremos a coisa necessária para O amar: começaremos a meditar.

 

Apenas um breve lembrete ao meditar:

Medite com toda alma;

Você derrotará a noite-ignorância

Facilmente.

Apenas uma breve lembrete ao meditar:

Medite incondicionalmente;

Você conquistará o Senhor Supremo

 Eternamente.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

16 de março: A Unicidade do Desapego – meditação matinal diária

IMG_1072

Pense nos outros. O seu coração ficará satisfeito com você. Liberte os outros do seu laço. O seu Deus ficará satisfeito com você.

 

Como podemos ser desapegados? Através da aspiração. Desapego não consiste em cortar completamente todos os relacionamentos. Desapego é o entendimento apropriado da verdade no seu próprio nível. No desapego veremos que somos um com a humanidade, com a força da nossa vida interior. Nós entendemos mal e tememos a palavra desapego porque sentimos que estaremos destruindo algo. Não, não estaremos destruindo nada. Na verdade estaremos nosligando, de modo adequado no mundo interior, às outras pessoas, com as nossas almas iluminadoras e preenchedoras. Isto nós fazemos através da aspiração. Quanto mais aspiramos, mais ampla se torna a nossa visão. E essa visão é a nossa realidade verdadeira.

 

As garras do apego podem me satisfazer

Por um fugaz segundo,

Mas,

O alcance do desapego

Certa e facilmente, pode me satisfazer

Por toda a minha vida.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

15 de março: Apego e Unicidade – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-reach-of-aspiration-heart

Caso não tenha percebido, há um elo inevitável entre a vida-desejo humana e a incessante noite-frustração.

 

Não importa quão bem alicerçada é sua vida espiritual, vocêperceberá que no apego há apenas frustração. Nele, se os seus desejos não são satisfeitos, imediatamente surgirá a frustração. Na vida espiritual devemos cessar com todos os apegos. Estar liberto deles não significa que vocêdeva ser frio, indiferente e distante de todos. O apego deve ser transformado em entendimento e unicidade apropriados. Apego não é unicidade verdadeira e normalmente existe só no momento; então, uma vez longe dos olhos, longe também do coração. A verdadeira unicidade com os seres humanos é da maior importância. Na unicidade nós nunca ficamos frustrados, porque ela contemo mais forte entendimento interior, que é a iluminação.

 

Se deseja sinceramente libertar-se

Da selva-apego,

Associe-se então com os buscadores

Que têm mais fé em Deus

E mais amor a Deus

Do que você tem.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

14 de março: A Cura pela Yoga – meditação matinal diária

palavra-do-dia-one-word-wakes-humanity-love

Oculte o seu nervosismo; você acabará morrendo. Mostre o seu nervosismo; no fim você será o vencedor.

 

Todo mundo é capturado por inquietação e nervosismo. A verdadeira meta de praticar yoga é ter paz, paz de espírito. Quando alguém obtém paz de espírito, automaticamente possuirá uma indômita força interior. Como pode o nervosismo entrar em alguém que está pleno de paz interior? Não poderá haver desassossego e nem nervosismo. O nervosismo vem quando você retira uma parte do todo. O medo vem quando você separa uma parte do todo. Deus é o todo. Deus é o Absoluto. Ao praticar yoga, você toca o Absoluto e entra dentro do Absoluto, não permanecendo uma parte separada do todo. Quando você entra no Absoluto, tudo é força e poder; não há medo. Na yoga você pode curar todo nervosismo, toda inquietação e toda imperfeição.

 

Diga à sua mente duvidosa: “Não!”

Diga ao seu coração amoroso: “Sim!”

Você será aliviado

Da sua tensão nervosa.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

13 de março: O Amor Infinito – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-regret-nothing-but-waste-har

Ame a Deus, apenas a Deus, sem reservas – e, se possível, incondicionalmente.

 

Ame. A quem você está amando? Você está amandoao Supremo em cada indivíduo. Quando ama o corpo, você se prende. Quando ama a alma, liberta-se. É a alma em cada indivíduo, é o Supremo em cada ser humano, que vocêama. Nada pode ser maior do que o amor. Deus é grandioso apenas porque Ele é Amor infinito. Se alguém deseja definir Deus, pode fazê-lo de milhões de maneiras, mas eu gostaria de lhe dizer que nenhuma definição é tão adequada quanto: “Deus é todo Amor.” Se o medo sobe à nossa mente, quando dissermos “Deus”, estaremos a milhões e bilhões de milhas distantes Dele. Quando repetirmos o Seu nome, se o amor vier à tona, isto significará que as nossas orações, concentração, meditação e contemplação são genuínas.

 

Apenas ame Deus um pouco mais;

Apenas pense em si um pouco menos.

Eis que

Todos os seus inimagináveis problemas estarão resolvidos.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

12 de março: As Ações Sagradas – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-religion-oneness

Todas as nossas ações deveriam ser para agradar a Deus e não para receber aplausos. As nossas ações são muito secretas e sagradas para serem reveladas aos outros. Elas são destinadas ao nosso próprio progresso, conquista e realização.

 

Para estarmos conscientes de Deus durante as nossas atividades diárias, devemos sentir que cada ação que praticamos é igualmente importante aos Olhos de Deus. Devemos agir com uma postura de entrega, com pensamentos puros e uma mente iluminada. Se agirmospara satisfazer o nosso ego, vaidade ou orgulho, nós nunca ficaremos conscientes da nossa divindade interior e, por conseguinte,  não estaremos conscientes da nossa real existência na nossa vida exterior. Deus tem uma missão especial para cada um de nós e a nossa alma encarnou para manifestar essa missão. Devemos sentir que temos um propósito divino, uma meta divina.

 

O seu coração veio ao mundo

Para trabalhar por Deus

E não para ser cultuado pelo homem.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

11 de março: Perseverar na meditação – meditação matinal diária

palavra-do-dia-only-humility-knows-how-to-appreciate

Se a sua meditação é verdadeiramente elevada e profunda, você está destinado a ter um diálogo silencioso com a paz.

 

O caminho para encontrar paz interior é meditar no coração, onde há constante alegria e constante amor. Nessa hora não iremos clamar pela apreciação dos outros. Dependeremos da nossa Fonte interior, onde há alegria infinita, amor infinito e paz infinita.

 

Não desista,

Não desista!

A sua vida-oração

É a sua futura salvação.

O seu coração-meditação

É a sua futura perfeição.

Não desista!

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

10 de março: Não se Lamente – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-run-challenge-pride-distance

Não desperdice as suas horas de serviço a Deus, tendo pensamentos mundanos.

 

Lamentações nunca serão de qualquer utilidade. Sempre que nos lamentamos, nos limitamos e nos amarramos. A nossa vida de aspiração é auto-expansão para Deus-manifestação. Se as lamentações começam, elas passam a ser verdadeiras inimigas. Cada lamentação é uma inimiga, uma queda, uma descida da toda-amorosa e toda-envolvente árvore-realidade, da qual nós somos os frutos iluminadores, amorosos e preenchedores.

 

Se você vive numa atmosfera

De aspiração,

Perfeição será

O seu nome dado por Deus.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

 

09 de março: Somos Um Só – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-self-giving-ancient-art-we-must-practise

A sua existência interior e a realidade exterior de Deus são uma só.

 

Quando você ama divinamente a si mesmo, não de forma emocional ou egoísta, você está se amando precisamente porque Deus vive dentro de você, porque Deus deseja satisfazer a Si mesmo, através de você. Quando você ama a si mesmo de maneira egoísta, está se matando. Se você amar a si mesmo de maneira não-divina, estará se aprisionando. Mas quando você se ama divinamente, você o faz exatamente porque Deus está dentro de você. Este é o porquê de você amar a si mesmo. Você e Deus são um só.

 

Eu devo convidá-lo a fazer

A coisa certa:

Ame-se sinceramente e com toda alma.

Eu devo proibí-lo de fazer

A coisa errada:

Não acalente uma opinião baixa a seu próprio respeito

E não repouse tolamente com indolência.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

08 de março: O Amor-Unicidade – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-silence-expression

Uma mente pobre reclama. Um coração rico mantém, todo o tempo, a sua unicidade com Deus, a criação.

 

Se você deseja liberdade interior, liberdade espiritual, devo dizer então, que ela está no tornar-se um com o resto da humanidade. O que você ganha com a liberdade que acalenta separando-se dos outros? Sim, devemos separar-nos da ignorância, imperfeição, limitação, escravidão e assim por diante, mas não queremos e não devemos apartar-nos da nossa alma, da realidade que é luz e deleite. Quando estamos seguindo a vida espiritual, devemos saber que a nossa verdadeira liberdade está em nos identificar com o resto do mundo, com a humanidade como um todo. Tornando-nos um, permaneceremos unidos e caminharemos unidos em direção ao Altíssimo; unidos alcançaremos a nossa Meta.

 

Meu Senhor Supremo,

Dê-me a capacidade

Para amar a realidade-corpo da Sua criação,

Exatamente da mesma forma

Que eu tenho amado

A Imortalidade-Alma da Sua Visão.

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

07 de março: Liberdade e Unicidade – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-simplicity-is-an-advanced-course

Pense menos e medite mais. Planeje menos e aja mais.

 

A meditação irá libertá-lo do mar da ignorância. A meditação irá lhe dar liberdade infinita. E essa liberdade é a liberdade da unicidade. Nesse exato momento, você não consegue ser um nem com a pessoa que está bem ao seu lado. Você sente com o seu ego que você é você e que a outra pessoa é um outro alguém. Onde há liberdade nisso? Com sua capacidade e conhecimento bastante limitados, você tenta exercer a sua vontade e utilizar o seu poder humano para dominar os outros. Isso é o que você chama de liberdade. Isso não é liberdade. A verdadeira liberdade é a unicidade inseparável com o universo. Vocês estão crescendo juntos. Você conquista algo e vê que o mundo inteiro também o faz, ao mesmo tempo.

 

O caminho de hoje

Não é o caminho para se tornar bom.

O caminho de hoje

Não é o caminho para amar a criação de Deus.

O caminho para se tornar bom

É orar incessantemente.

O caminho para amar a criação de Deus

É meditar incondicionalmente.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

06 de março: A Satisfação Interior – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-Simplicity-is

Primeiro ore devotadamente a Deus, para que Deus o reivindique como verdadeiramente Dele. Só então você estará apto a reivindicar o mundo como verdadeiramente seu.

 

Quanto mais nos dedicarmos à vida interior, mais sentido terá a vida exterior. De outra forma as aquisições exteriores desprovidas daquilo que é importante, quer dizer, sem a vida interior, não terão sentido algum. Nada irá satisfazer a você, a mim ou a qualquer um na Terra, exceto a vida interior. A vida interior é a vida da alma, onde a realidade e a divindade crescem constantemente. Portanto siga a vida interior e ela o guiará, inspirará e instruirá em como ser divina e supremamente bem-sucedido na sua vida exterior.

 

Apenas navegue,

Navegue no

Seu barco-aspiração.

Deus irá difundir

As suas supremas glórias-aventuras.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

05 de março: Deus Primeiro – meditação matinal diária.

poema-de-sri-chinmoy-so-simple-so-difficult-meditate

Se vocêestá levando uma vida espiritual, a todo momento então, Deus virá em primeiro lugar na sua vida.

 

Para uma pessoa comum, Deus não vem em primeiro lugar. Prosperidade, poder, influência, fama e outras coisas vêm primeiro. Mas uma pessoa espiritual diz: “Deus deve vir primeiro; a vida interior deve vir em primeiro lugar.” Nós colhemos aquilo que plantamos. Plantamos uma semente e ela germina. Então ela cresce e torna-se uma imensa figueira. Por isso a nossa vida interior deve vir em primeiro, pois tudo na nossa vida exterior, seja ela ou não espiritual, é um resultado e uma manifestação da nossa vida interior. Uma pessoa espiritual sente que a vida interior é de primordial importância e que ela deve vir em primeiro lugar. Uma pessoa comum pensa: “Ah, a vida espiritual é vaga e sem sentido. Vamos aproveitar a vida. Vamos possuir e ser possuídos. Vamos aproveitar o mundo e deixar que ele se aproveite de nós. Não há conexão entre a vida espiritual e a vida habitual.” Mas uma pessoa espiritual, clama sinceramente : “Que eu realize a Verdade à Sua própria maneira e traga essa Verdade para a minha vida exterior.” A Verdade está no interior, mas também deve ser sentida e expressa exteriormente.

 

A menos que coloque Deus primeiro

Em tudo o que faz e diz,

A sua vida de aspiração

Irá definhar em direção ao nada.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

04 de março: Colhe-se o que se Planta – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-Sri-Chinmoy-by-Apaguha--banner

Primeiro seja um indivíduo iluminado. Dessa forma, você poderá tornar-se o criador de um mundo pleno e satisfeito.

 

É através do mundo interior que o nosso mundo exterior poderá ser satisfeito. Colhemos no exterior aquilo que plantamos no interior. Cedo pela manhã se eu oferecer a Deus um pensamento divino, um pensamento espiritual, verei que durante o dia receberei os frutos daquele pensamento divino. Se orar ou meditar em amor, alegria ou paz, durante o dia apreciarei os frutos da minha oração e meditação na forma de amor, alegria, paz ou seja lá aquilo pelo qual estava clamando. O mundo interior pode e deve influenciar o mundo exterior – para melhor.

 

Aquilo que você poderosamente sustentar

No seu mundo-pensamento,

Fará de você

Um mendigo de rua

Ou um grande rei.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

03 de março: Os Sussurros da Alma – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-sri-chinmoy-peace-soul

A auto-confiança  denota orientação interior de Deus.

 

Na vida espiritual, Deus nos dá a capacidade para fazer o que Ele quer. A nossa entrega a Ele é o nosso socorro, pois Ele nos mostra a postura certa e nos diz o tipo de ação que deve suceder no mundo exterior. O Poder de Deus e a Luz de Deus nos dão a capacidade para nos ampararmos. Temos de fazer um esforço, mas devemos nos  lembrar durante todo o tempo que Deus é a nossa Fonte. É Ele que nos dá a capacidade de nos ajudarmos a nós mesmos. Devemos ser Seus instrumentos. Fazemos o trabalho, mas devemos fazê-lo por Deus. Você é filho de Deus e Ele satisfará todas suas necessidades. Exatamente como você satisfaz as necessidades do seu próprio filho, Deus satisfará as suas necessidades.

 

Se você não obedecer

Aos sussurros da sua alma,

A sua vida será uma

Amarga frustração.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

02 de março: Amor e Paciência – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-srichinmoy-death-is-not-end

Peça a Deus para que lhe conceda o mesmo amor com que Ele costuma amar a Si mesmo, para que você possa desfrutar de infinita libertação dos seus laços-ego Terra-limitados.

 

Você pode pensar que o amor não é uma arma suficientemente forte, ao passo que o ódio é como uma faca afiada. Mas não;  o poder do amor é infinitamente mais forte do que o poder do ódio, porque quando você ama alguém, naquele momento as divinas qualidades dela vêma frente. Alguém lhe fez mal; e agora, o que é que você quer fazer? Deseja puni-lo e derrubá-lo? Após derrubá-lo, o que acontecerá? Em você, há algo chamado consciência. Essa consciência o questionará. E você dirá: “O que eu fiz? Sim, ele fez algo errado, mas agora eu fiz algo pior. De que maneira sou melhor do que ele?”Vocêpode desenvolver amor diariamente se cedo pela manhã, quando se levantar, orar a Deus: “Ó Deus, na Sua criação, desejo ver apenas boas qualidades nos outros. Se as qualidades ruins estiverem à minha volta ou se as pessoas estiverem me importunando, então por favor, dê-me a paciência necessária para que eu possa permanecer repleto de paz na minha vida exterior. As pessoas podem ter feito coisas ruins a mim, mas permita-me oferecer-lhes a minha paciência.”

 

 

Paciência

É ao mesmo tempo,

 o sagrado segredo-vitória,

Tanto de Deus quanto do homem.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

01 de março: O Instrumento Correto – meditação matinal diária

 

Aquele que ama nunca envelhece. Deus é um exemplo resplandecente.

 

Você pode sentir que neste mundo algumas pessoas são muito más. Entretanto, ao sentir que alguém é muito mau ou odiando-o, você está ganhando alguma coisa? Aquela pessoa em particular não ganhou nada com o seu ódio. E o que é que você fez? Por odiar aquela pessoa, você perdeu algo muito doce de si mesmo. Por que alguém deveria perder algo muito precioso de si mesmo, apenas por desejar corrigir uma pessoa através do ódio? Neste mundo devemos ser muito sábios. Você irá dizer que esse alguém é muito mau e que deve-se fazer algo a respeito. Mas o ódio não é o instrumento correto. Se quiser usar a arma certa, a mais efetiva será o amor.

 

A sua mente sabe apenas

Como compilar lamentações.

O seu coração sabe apenas

Como cantar a canção-unicidade.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

28 de fevereiro: Deus me ama; Deus precisa de mim – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-sympathy-does-not-thinkflower-blue-sky

Procure sempre, durante a sua meditação, durante a sua vida consciente, sentir que você é uma criança escolhida de Deus, o orgulho de Deus.

 

Deus precisa de nós para satisfazê-Lo, para manifestá-Lo. Podemos dizer: “Deus precisa de mim; portanto, eu me entreguei. Devo satisfazer Deus na Terra porque Deus assim o quer e não porque eu quero. Deus quer que eu O realize, que eu O satisfaça na Terra. Do que eu preciso mais?” Essa deve ser a única preocupação de um aspirante espiritual. E essa preocupação abrange tudo. Todos os problemas são resolvidos, todas as respostas já foram dadas, quando sentimos que Deus nos quer, que Deus precisa de nós para a Sua manifestação na Terra.

 

É realmente notável

Aquele que aprendeu o segredo supremo

Do trabalho incansável

Pela manifestação divina

Sem receber ou exigir

Qualquer reconhecimento exterior.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

27 de fevereiro: Fé e Humildade – meditação matinal diária

palavra-do-dia-only-one-flag-flies-above-menaka

A recompensa da fé e humildade é sempre a glória, fundada sobre a unicidade plena de alma do buscador com Deus.

 

Procure sentir sempre que você é a criança escolhida do Supremo, justamente porque Ele o está utilizando. Se você sentir que está utilizando a si mesmo, com o seu próprio ego e orgulho, você estará então a centenas de milhas distante de Deus. No momento em que estiver distante Dele, você tem que sentir que você não é nada, que você é um inútil. No momento em que for um com Ele na sua dedicação, devoção e entrega, você sentirá que você é tudo. E quando você sentir que é tudo, automaticamente, a sua receptividade expandirá.

 

Consciência é a única coisa

De que a minha mente precisa.

Plenitude de alma é a única coisa

De que o meu coração necessita.

Unicidade – minha constante, incansável,

Inseparável unicidade com o meu Senhor Supremo –

É a única coisa de que eu preciso.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

26 de fevereiro: Dar a Ele o que Ele nos Deu – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-the-freedom-of-soul-bird-death

Daqui debaixo, oferecemos o nosso desamparo para Deus. De lá de cima, Ele faz chover Bençãos sobre nós.

 

Não podemos dar a Deus nada além do que Ele nos deu. Se Ele me deu uma voz para cantar, eu Lhe darei a minha voz. Se Ele me deu a capacidade de dançar, eu dançarei para Lhe agradar. Se Ele me deu a capacidade de escrever poemas, através de poemas eu devo satisfazê-Lo. Ele me deu um presente divino e sou eu quem deve oferecer o que tenho de volta para Ele. Nada criamos por nossa própria conta. Ele nos deu tudo, e com a nossa mais profunda gratidão, ofereceremos a Ele o que Ele nos deu. Se pudermos conscientemente entregar a Deus o que temos e somos, Ele ficará muito satisfeito.

 

Se Deus quer que você manifeste a Luz Dele,

De uma maneira específica,

Tenha a certeza de que Ele o proverá

Com as oportunidades necessárias.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

 

 

25 de fevereiro: Deus me Quer – meditação matinal diária

palavra-do-dia-optimism-sunrise-trishatur

Quer seguir a Deus? Se quiser seguir a Deus, esqueça o humano que há em você e peça ao divino em você, que o possua.

 

Siga com um pensamento: “Deus me quer e eu preciso de Deus.” Não deve existir nenhum outro pensamento à sua volta. Você verá então que lenta, constante e gradualmente, pensamentos divinos entrarão em você permeando toda a sua existência interior e exterior. Dessa forma, você terá serenidade no seu corpo, no seu vital e na sua mente.

 

Se o seu coração-buscador

Estiver inundado de esperança,

Deus certamente virá até você

Com um Sorriso-Libertação.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

24 de fevereiro: Andar com Fé – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-the-sun-shines-for-everyone

Na nossa vida espiritual existe somente um inimigo, um inimigo poderoso, e este é a dúvida.

 

Estamos sempre duvidando. Ou duvidando de nós mesmos ou duvidando de Deus. Em ambos os casos nós nos limitamos. Se duvidarmos de nós, nunca poderemos realizar Deus e se duvidarmos de Deus, existirá somente frustração e angústia na nossa vida. Se tivermos fé implícita em Deus, essa fé então será complementada com a fé em nós mesmos. Se tivermos fé em nós mesmos, quando mergulharmos profundamente no nosso interior, veremos que o amor divino estará nos abraçando. Se tivermos fé em nós mesmos, poderemos resolver todos os nossos problemas. Essa fé não é o orgulho arrogante do auto-apego, mas a espontânea luz da sabedoria.

 

A sua mente que duvida

Já o desafiou.

Depende de você,

Tanto ignorar o desafio,

Quanto destruir o seu ataque vulcânico.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

23 de fevereiro: Amor e Ódio – meditação matinal diária

palavra-do-dia-our-differences-disappear-the-moment-we-realise-all-hearts-are-one

O amor é a única riqueza de que o homem absolutamente precisa. O amor é a única riqueza que Deus precisamente é.

 

O ódio é uma forma inversa de amor. Você odeia quem realmente deseja amar, mas não pode amar. Talvez a pessoa mesmo o impeça. Isso é uma forma disfarçada de amor. Somente se pode odiar, alguém a quem você tenha a capacidade de amar, porque se realmente for indiferente em relação a essa pessoa, você não conseguirá nem mesmo juntar energia suficiente para odiá-la. O ódio é a frustração ou o bloqueio do amor fluente.

 

Não posso falar sobre os outros,

Mas eu sei

Que Deus Se fará presente

Para saudá-lo,

Quando você amar a criação Dele,

Incondicionalmente.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

22 de fevereiro: O Silêncio Interior – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-there-is-only-one-dream-self-transcendence

Deus o fará uno com Ele se você souber o significado do silêncio.

 

Você tem de trabalhar a sua vida interior no silêncio da vida exterior. Não importa o quão divinas, significativas ou importantes sejam as suas palavras, a conversa terá de se render ao silêncio. Quando você não conversa com alguém, isso é o silêncio exterior. Mas você tem de praticar também o silêncio interior. No silêncio interior, a mente também deve se calar. Para ter silêncio interior, você tem que silenciar a mente. A mente deve tornar-se calma e quieta, um oceano de tranquilidade. Sem esse silêncio interior, você não poderá fazer nenhum progresso satisfatório na vida interior. Existem muitas pessoas que cumprem o silêncio exterior. Esse silêncio é bom, mas não pode levá-lo muito longe, a menos e até que tenha estabelecido o silêncio interior.

 

Somente a um coração-pureza

É permitido orar

No templo-silêncio da alma.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

21 de fevereiro: O Dever Divino – meditação matinal diária

palavra-do-dia-our-differences-dissappear-the-moment

Discernindo, separando o verdadeiro e eterno do falso e do transitório, chego a um ponto onde consigo ver a minha Meta. Coloco então os pés ao caminho que conduz à minha Meta.

 

No nosso dia-a-dia, se quisermos enfatizar os nossos deveres, não haverá fim para essas obrigações comuns. Devemos comer, encontrar os nossos amigos, ver a nossa família, trabalhar. Temos todos os tipos de obrigações. Porém, precisamos saber que acima dessas obrigações há o nosso verdadeiro dever. Satisfazemos diariamente essas obrigações mundanas, mas elas não nos levarão, de maneira alguma, mais perto da nossa Meta. Existe somente uma Meta para cada ser humano e essa Meta é a Deus-realização. Isso não significa que para realizar Deus devemos descartar a humanidade. Longe disso. Não temos de nos livrar dos membros da família: esposa, irmãs, irmãos, pais, filhos. Não. Nós devemos ver neles a existência de Deus. Esse é um dos maiores deveres de cada ser humano: ver a existência de Deus nos filhos, nos amigos, em todos na Terra.

 

Eu sei que você é uma pessoa ocupada.

Ao menos a sua mente o faz pensar assim.

No entanto, será que não pode encontrar um tempo

Para convidar Deus, seu Convidado Supremo,

A abençoá-lo – seu coração e a sua vida –

Com a Sua toda-iluminadora e toda-preenchedora Presença?

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

20 de fevereiro: Manifestando o Divino- meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-there-is-only-one-way-38367

Quais são as leis do universo? Amar e servir. Amar a humanidade. Servir a Divindade.

 

Queria lhe dizer que não há nada de errado com o mundo, mas está tudo errado com você, comigo e com o resto dos seres humanos. O pobre mundo não fez nada de errado; nós é que o estamos utilizando-o de forma inadequada. Deus criou este mundo; nós estamos fazendo uso dele. Podemos usá-lo à nossa própria maneira ou à maneira de Deus. Podemos tanto destruí-lo, quanto manifestar o Divino aqui na Terra. Este mundo é o campo da manifestação, onde nós podemos manifestar as nossas divinas qualidades internas. Mas se em vez de manifestarmos as qualidades divinas do nosso interior profundo, quisermos destruir o mundo, isso compete a nós. Consideremos o mundo como um instrumento. Se tocamos a nota errada, então quem é responsável? O músico, não o instrumento. Se usarmos o mundo de maneira divina, veremos que não há problema algum com o mundo. Somos nós que temos a capacidade de usar o mundo de maneira divina e satisfazer o Divino aqui na Terra.

 

Não culpe o mundo.

Encontre uma solução.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

19 de fevereiro: – O Desapego Divino – meditação matinal diária

palavra-do-dia-peace-is-not-absence-power-love

O apego do homem pelo homem amarra-o. A devoção do homem por Deus liberta-o.

 

Ninguém pode ser tão feliz quanto um homem que tem desapego. Temos a impressão de que um homem só pode ser feliz se é apegado a algo ou alguém, mas isso é um grande erro. Quando somos apegados a algo ou alguém, na verdade tornamo-nos vítimas da pessoa ou do objeto. Portanto neste mundo, se quisermos ter verdadeira alegria, verdadeira paz e qualidades divinas verdadeiras, devemos ser completamente desapegados. Esse desapego não significa que não devemos trabalhar pelo mundo; nós devemos sim, trabalhar pelo mundo, no mundo, mas não devemos permitir que sejamos aprisionados por coisa alguma.

 

Meu Senhor Supremo,

Não me deixe mais participar do jogo

Do apego.

Eu desejo apenas o jogo

Da devoção –

A Você, a Você e a mais ninguém.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

18 de fevereiro A Perfeição-Unicidade – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-thinking-is-becoming

Perfeição significa uma unicidade viva, espontânea e constante com o Piloto Interior.

 

Por que ainda somos imperfeitos? Somos imperfeitos justamente porque não clamamos pela perfeição em nós. Nós exigimos, ou no mínimo esperamos infinitamente, mais perfeição nos outros do que em nós mesmos. Tal e tal pessoa são imperfeitas e eu tento torná-las perfeitas – é isso o que dizemos. Mas não é um absurdo da minha parte criticá-las e tentar torná-las perfeitas, quando eu mesmo sou imperfeito? Nisso cometemos um erro do tamanho do Himalaia. Se formos sinceros o bastante, iremos perceber que perdemos muito tempo pensando nos outros. É bom pensar nos outros, mas não com nossa mente crítica, invejosa e obscura. Se pensarmos nos outros com a luz da nossa alma, com a unicidade da nossa alma, então automaticamente correremos rumo à perfeição.

 

Quem é o verdadeiro perdedor?

Aquele que aprecia

O jogo-superioridade-inferioridade.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

17 de fevereiro: O Amor Universal – meditação matinal diária

palavra-do-dia-peace-universal-peace-menaka

Seja universal no seu amor. Você verá o universo como o retrato do seu próprio ser.

 

A perfeição total e completa virá, somente, quando sentirmos que a nossa perfeição, não é perfeição alguma, enquanto o resto da humanidade permanecer imperfeita. Se nos dizemos crianças de Deus, então os outros também são crianças de Deus. Se não dividirmos com eles o pouco que temos, que direito então teremos de chamá-los de irmãos? Eles podem até estar viajando algumas milhas atrás de nós, ou podem estar adormecidos. Mas eles também devem alcançar a Meta, para que a perfeita perfeição possa despontar na Terra.

 

Você está aspirando.

Isso significa que você está elevando

A consciência

Daqueles que estão à sua volta.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

16 de fevereiro: A Consciência Infinita- meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-to-conquer-the-ego-is-to-gain-har

Cresça, faça crescer sempre o seu clamor-aspiração. Se permitir que a sua aspiração diminua, isto será a sua verdadeira desgraça.

 

É a nossa aspiração, o nosso crescente clamor interior, que nos guiam ao Reino dos Céus. O Reino dos Céus é um plano cheio de paz e deleite. Nós o sentimos quando residimos no nosso interior profundo e transcendemos a nossa consciência individual egocêntrica. Quanto mais alto formos, além da nossa consciência limitada, mais rápido entraremos na nossa mais profunda e infinita consciência e mais intimamente veremos, sentiremos e possuiremos o Reino dos Céus dentro de nós.

 

Fé é a arte de ver

Sem olhar.

Aspiração é a arte de se tornar

Sem hesitar.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

15 de fevereiro: O Reino dos Céus – meditação matinal diária

palavra-do-dia-peaceful-world-necessity

Deus é um sonho? Assim pensa a mente humana. Deus é uma realidade? Assim sente o coração divino.

 

O Reino dos Céus é algo que podemos sentir e não algo que podemos demonstrar. A ciência pode demonstrar muitas coisas. Mas o Reino dos Céus é uma questão da nossa própria conquista interior. Se tivermos realizado o Reino dos Céus no nosso interior, os outros irão nos observar e sentirão que possuímos algo absolutamente incomum, supremo, celestial. Por termos visto, sentido e possuído o Reino dos Céus em nós mesmos, eles nos considerarão um ser completamente transformado e extraordinário.

 

Se quer inspirar

O mundo exterior,

Secretamente, aspire

No mundo interior.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

14 de fevereiro: Conhece a Ti Mesmo – meditação matinal diária

palavra-do-dia-positive-thinking

A perfeição é a consciente aniquilação do eu egocêntrico.

 

Como pode um homem não conhecer a si mesmo, algo que deveria ser a mais fácil de todas as suas tarefas? Ele não conhece a si mesmo justamente porque se identifica com o ego e não com o seu verdadeiro eu. O que o impele a identificar-se com esse pseudo-eu? A ignorância. E o que lhe diz que o seu verdadeiro eu, não é nem pode ser o seu ego? É a busca de si mesmo. Aquilo que ele vê nos íntimos recessos do seu coração, é o seu verdadeiro eu, o seu Deus. Finalmente, esse ‘ver’ deverá se transformar em ‘tornar-se’.

 

Você não vê?

Dentro do seu coração

Alguém está continuamente

Orando e meditando.

Você não consegue sentir?

O divino Pulsar do Coração

Do Amado Supremo

Bate constantemente no seu interior.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

13 de fevereiro: A Beleza Interior – meditação matinal diária

palavra-do-dia-practise-feeling-oneness-38315

Se você começar com o despertar-aspiração do seu coração, estará destinado a desfrutar o dia-progresso da sua vida devotada.

 

Um ser humano sem aspiração acha que a sua ignorante vida-prazer é a única fonte da sua satisfação. Mas para os buscadores sinceros, para os verdadeiros amantes de Deus, o deleite é a fonte. Beleza é luz, e luz é deleite. Esse deleite é a harmonia, a paz e a satisfação do Absoluto. Só poderemos valorizar essa riqueza divina quando apreciarmos, admirarmos e adorarmos a beleza interior. Quando a beleza interior vier à tona, o mundo de escuridão imediatamente será transformado no mundo de luminosidade.

 

Se você pode desfrutar

Da devotada meditação do seu coração

E da frutífera ação da sua vida,

Então, saiba e sinta

Que Deus é gloriosamente satisfeito

Em e através de você.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

12 de fevereiro: O Aprendizado pela Experiência – meditação matinal diária

palavra-do-dia-reach-of-aspiration-heart

A vida do ego e do sucesso material, por fim fracassará. A vida que se autodisciplina, a vida que possui um chamamento superior, um chamamento interior, pode servir a humanidade de maneira muito frutífera. O serviço devotado a Deus é a vida verdadeira.

 

Vamos aceitar a vida interior, a vida espiritual. Erros na nossa jornada são inevitáveis; sucesso sem empenho é uma impossibilidade. Sem esforço, não há progresso. Devemos acolher a experiência, pois sem ela nada aprendemos. Ela pode ser tanto encorajadora como desencorajadora. Mas é a experiência que nos mostra o verdadeiro significado da nossa própria existência.

 

Meu Senhor,

Agora que estou aceitando

As minhas derrotas e os meus fracassos,

Como parte do Seu Plano-Visão Cósmico,

Estou muitíssimo feliz.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano. 

 

11 de fevereiro: A Armadura-Paz-Deleite – meditação matinal diária

palavra-do-dia-to-conquer-the-ego-is-to-gain-har

Para navegar os mares-perigos da minha vida, convido a minha amiga-paz a ajudar-me no meu barco.

 

A paz é baseada no amor: amor pela humanidade e amor por Deus. Ela também é fundada no não-apego. Se não há anseio por ganho, não há medo de perda – e veja, a paz torna-se sua. A paz baseia-se também na renúncia. Essa renúncia não é a renúncia às posses terrenas, mas à limitação e à ignorância. Essa paz é a verdadeira paz, que não é afetada pelos rugidos do mundo exterior ou interior.

 

Se você pode amar Deus

E manifestar Deus

Todo o tempo, à própria maneira Dele,

Então Ele mesmo lhe concederá

A sua própria e impenetrável

Armadura-paz-deleite.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

10 de fevereiro: A Divina Consciência – meditação matinal diária

palavra-do-dia-to-evaluate-spiritual-progress-unmesh

Um homem com auto-controle sorri e sorri ao testemunhar as investidas da selvagem tentação.

 

O homem na sua vida ou nas suas realizações exteriores, é muito limitado. Mas, o mesmo homem, quando entra nos mais profundos recessos do seu coração, sente que há algo tentando expandir-se, constantemente. Isso é consciência. A consciência o une ao Altíssimo Absoluto. A consciência sempre nos acolhe. É nela que invocamos, recebemos e oferecemos paz, luz e bem-aventurança sem limites. Um homem comum não tem controle sobre a sua consciência. Mas um homem espiritual é capaz de controlá-la. Ele tenta levar uma vida melhor, mais elevada e, ao fazer isso, ele faz descer a luz do Além sobre a escuridão do mundo dos dias de hoje.

 

A escada espiritual tem muitos degraus.

Agora você está

No degrau-sinceridade.

Mas se não escalar

Para o degrau-determinação,

Como poderá um dia ascender?

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

09 de fevereiro: A Verdadeira Necessidade Interior – meditação matinal diária

palavra-do-dia-true-you-are-good-seeker-try-to-be-better

Prepare-se diariamente para a chegada do seu Senhor Supremo – com a oração plena de alma do seu coração e com a meditação serena da sua vida.

 

Uma pessoa pode ser completamente entregue a Deus e ainda assim ser responsável pelas necessidades terrenas, mas apenas por aquelas que estejam de acordo com a Luz de Deus. Se Deus sente que a necessidade é verdadeira, ela poderá ser satisfeita facilmente. Inúmeras são as necessidades e demandas imaginárias, mas a nossa verdadeira necessidade interior é uma só: iluminação. Se a iluminação for uma real necessidade de alguém, Deus naturalmente a satisfará.

 

Bata à sua própria porta-coração

Para ver e sentir Deus.

Bata à Porta-Coração de Deus

Para entrar no Seu Aposento-Coração

E ali sentar-se

Com extrema alegria, amor e gratidão.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

 

 

 

08 de fevereiro: A Libertação – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-try-not-to-change-the-world

Libertação significa liberar-se do medo, liberar-se da dúvida, da ignorância e da morte.

 

Assim que chegamos a este mundo, tornamo-nos uma presa fácil da ignorância, do medo, da limitação e da dúvida. Mas através da nossa prática espiritual e vivendo a vida interior, entramos na consciência do Divino. Ali começamos a crescer e chega um dia em que nos estabelecemos inteiramente na consciência espiritual da vida interior. No momento estamos presos pela ignorância, mergulhando nos seus prazeres; mas haverá o dia em que seremos totalmente livres da ignorância e no momento em que dela estivermos livres, estaremos libertos para sempre.

 

Deus criou a aspiração para você.

Será que você não pode criar a determinação

Para si mesmo,

De modo que a sua aspiração Deus-concedida

E sua própria determinação

Possam esmagar a sua vida-escuridão para sempre?

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

07 de fevereiro: Vencendo a Guerra – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-try-not-to-change-world

Desde tempos imemoriais, a história tem lidado com tiranos e libertadores. Em breve terá de lidar seriamente com semeadores da paz.

 

Existem duas guerras, a interior e a exterior. A guerra interior é aquela em que o nosso ser interior ou alma luta contra as limitações, ignorância, dúvida e morte. A exterior é aquela em que o homem luta contra o homem, nação luta contra nação. A questão é: quando e como poderão essas guerras chegarem ao fim? A guerra exterior poderá chegar ao fim, apenas se a guerra interior acabar primeiro. Isso quer dizer que, quando o ser interior ou alma vence a ignorância, o medo, a dúvida e a morte, então, no mundo exterior, não haverá mais necessidade de se travar a guerra. Lutamos porque no nosso interior há desarmonia, medo, ansiedade e agressividade. Quando no nosso íntimo houver paz, alegria, plenitude e satisfação, não mais faremos guerra. A guerra exterior chegará ao fim quando a guerra interior for resolvida. Ambas estão destinadas e acabarão por chegar a um fim, no decurso da evolução humana.

 

A experiência interior de paz

É a suprema necessidade do homem.

A experiência interior de paz

É a beleza transcendental do homem.

A experiência interior de paz

É a absoluta realidade do homem.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

06 de fevereiro: Rumo à Meta – meditação matinal diária

palavra-do-dia-regret-nothing-but-waste-har

Você fará o mais rápido progresso com a ajuda de duas coisas: o Olho-Compaixão de Deus e a sua mente-entusiasmo.

 

Quão rápido você pode deixar de lado a ignorância e seguir rumo à sua própria Meta? A competição, se for de fato necessária, deverá constituir-se apenas em ver o quão longe deixamos para trás a ignorância e a imperfeição, e o quão rápido corremos rumo à nossa Meta. Deixemos que existam dois lados: um, o lado da perfeição; e o outro, o lado da imperfeição. Quão rápido estamos correndo da imperfeição e ignorância rumo ao lado positivo da perfeição, verdade, luz e bem-aventurança? Isso, e não a rivalidade com os outros, deve ser a nossa competição.

 

A sua meta não está aqui;

Está muito além.

Não relaxe

Nem perca o seu entusiasmo.

Deus quer que você corra

Uma ultramaratona todos os dias,

Para revelar a espantosa capacidade

De um corredor-buscador-Deus.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

05 de fevereiro: A Transformação da Natureza – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-two-miracles-loving-640

A totalidade da transformação da natureza humana deve necessariamente progredir na velocidade de uma tartaruga.

 

O mundo está cheio de competição. Na vida comum, estamos constantemente competindo. Eu estou competindo com você; você compete comigo. A toda hora competimos. Mas essa competição não deve existir na vida espiritual. Na vida interior não há competição. É apenas você e Deus. Se houver alguma competição, que seja entre você e a sua ignorância.

 

Cada vez que tropeçar,

Levante-se!

Sorria e caminhe

Lenta, firme e infalivelmente,

Ao longo da estrada-aspiração.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.

04 de fevereiro: A Transformação do Sofrimento – meditação matinal diária

palavra-do-dia-religion-oneness

Suportar os golpes da vida firme e calmamente é experimentar de maneira plena uma serenidade inigualável.

 

Não devemos convidar o sofrimento, longe disso, mas se ele vier, devemos ver nele a existência de Deus. Se não separarmos Deus do sofrimento, o nosso alento-vida e a Compaixão de Deus irão se encontrar. Do contrário, não estaremos permitindo que a Compaixão de Deus toque o nosso alento-vida, não estaremos vendo a existência de Deus em tudo. Dizemos que Deus está em tudo. Se Deus está em tudo, não estará também no sofrimento? Deus não estará na frustração? Será que Deus é tão fraco que fica somente no Céu e não na nossa existência Terra-limitada, cheia de dor? Quando sofremos, lá está Deus. Temos de ver a Sua Face e não a face do sofrimento que nos tortura. Se pudermos fazer tal coisa, se pudermos ver a Face de Deus em tudo, veremos que o sofrimento e a frustração não podem existir. Eles terão que ser transformados em alegria, alegria constante, porque o nosso doce Pai, o nosso afetuoso e compassivo Pai, está presente em tudo, para nos proteger e salvar.

 

Não evite,

Mas transforme

As coisas que necessitam de transformação.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.