26 de abril: O Serviço Apropriado – meditação matinal diária

palavra-do-dia-love-journey

Serviço é auto-expansão. Um buscador sincero serve, precisamente porque sabe que não há e nem pode haver, nada diferente do serviço. Quando ele serve a humanidade aspirante, é porque a sua necessidade interior o ordena a servir.

 

O serviço é frequentemente mal interpretado. Nós sentimos que, se pretendemos servir, teremos que servir a tudo e a todos. No entanto, na vida espiritual sabemos que o serviço deve ser prestado, somente, àqueles que estão prontos para recebê-lo. Caso contrário, o nosso serviço será mal interpretado. Se alguém estiver dormindo e você tentar acordá-lo, por ver que o sol já nasceu, poderá fazê-lo ficar com raiva ou importunado, e ele dirá: “Que direito você tem de perturbar o meu precioso sono?” Apenas se o nosso serviço for prestado a alguém que deseja ser acordado, ou que está pronto para ser acordado, para alguém que deseja luz, ou que precisa de luz, é que o nosso serviço poderá ser apropriadamente aproveitado.

 

Ame a Deus

Para agradar a si mesmo.

Sirva a Deus

Para agradar a Ele.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.