23 de abril: Da Escuridão à Luz – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-nobody-can-preven-you-from-dreams

As pessoas têm muitos sonhos, mas eu tenho apenas três: a perfeita paz entre a alma e o corpo, a total transformação da minha natureza e a satisfação verdadeira em toda a criação de Deus.

 

Há certamente uma ligação entre os mundos interior e exterior. Temos que, conscientemente, sentir essa ligação e finalmente entrar em contato e fortalecê-la com a determinação da nossa alma e o serviço e a disposição dedicados do nosso corpo. Hoje, o corpo escuta a mente. Quando a mente diz: “Vá por este caminho”, e o corpo vai. No momento seguinte, a mente diz: “Não, não, não! Esse é o caminho errado para seguir. Tome esta outra direção” e o corpo segue. Dessa forma, o corpo se torna uma presa de limitações. Mas muito além do domínio da mente, está a alma. A alma está inundada de luz. Se conscientemente tentarmos ter livre acesso ao ser interior, à alma, naturalmente a luz da alma virá à tona e nos ajudará, a cada momento, a lidar com a escuridão tenebrosa, que há em nós e à nossa volta. Finalmente veremos que transformamos a escuridão em luz, ou então que estamos a milhões e milhões de quilômetros distantes da escuridão, banhando-nos no mar de luz infinita.

 

O desejo da minha alma: Meu corpo irá se tornar

Um perfeito instrumento de Deus.

O desejo do meu corpo: Minha alma será

O capitão sempre-liderante

E sempre-misericordioso do meu corpo.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.