17 de abril: Meditação e Regularidade – meditação matinal diária

poema-de-sri-chinmoy-peace-universal-peace-menaka

Embora a regularidade na prática espiritual possa parecer mecânica, ela é uma constante benção das alturas e demonstra o desenvolvimento de uma certa força interior.

 

Não podemos meditar vinte e quatro horas por dia. Precisamos de ir para o trabalho ou para a escola. Mas enquanto respondemos às perguntas do nosso chefe, podemos sentir a presença viva do nosso ser interior. Nós podemos sentir a presença de uma criança divina, uma presença divina nos guiando. Esse sentimento interior é carregado de luz, paz e felicidade. Como podemos desenvolver esse sentimento interior? Não será da noite para o dia. Ele é como um músculo. Para desenvolver um músculo, devemos fazer exercícios diariamente. Igualmente, na vida espiritual, se praticarmos diariamente, regularmente, com toda a alma, certamente desenvolveremos essa capacidade interior. Mesmo se falarmos sobre coisas mundanas, não perderemos a riqueza interior que acumulamos durante a nossa meditação da manhã.

 

Deus não espera de você,

No início,

Domínio de qualquer coisa.

Mas Ele espera sim, de você,

A sua disposição plena de alma em tudo.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.