15 de abril: Deus Dentro e Fora – meditação matinal diária

palavra-do-dia-meditation-recognition-true-self

Seremos mais conscientes na nossa vida exterior, somente quando sentirmos que a vida exterior não possui existência sem a vida interior, a vida de luz interior. A vida interior é a fundação. Se a fundação não for sólida, a estrutura não poderá ser forte e permanente.

 

Cedo pela manhã, quando nasce o dia, devemos sentir que Deus vem primeiro na nossa vida. Por dez ou quinze minutos, ou meia hora, devemos invocar a presença de Deus. A presença de Deus é constante em toda parte; mas se sentirmos que Deus é alguém, em algum lugar, então temos de invocá-lo do Céu altíssimo. Se sentirmos que Deus já está dentro de nós, mas escondido tão profundamente, que não podemos vê-Lo ou senti-Lo, então teremos de orar para que Deus venha à tona. Um buscador deve invocar Deus do exterior, ou então trazer à tona a presença interior de Deus. Quando ele sentir a presença de Deus, sentirá que a sua própria vida está segura, pois a presença de Deus significa o Poder infinito, a Luz infinita de Deus.

 

A menos que tenha aspiração,

Você será sempre compelido

A permanecer um prisioneiro da desorientação.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.