11 de janeiro: Nome e Fama – meditação matinal diária

palavra-do-dia-the-freedom-of-soul-bird-death

A gratificação do ego é sempre um mau negócio.

 

A sua natureza real, a sua própria alma, a sua verdadeira existência, quer permanecer na Infinidade. Se alguém permanecer na luz altíssima, na luz que tudo satisfaz, caberá então à luz, decidir se quer proporcionar uma experiência específica para um buscador, dando-lhe nome, fama e tudo o mais. Todavia, se o buscador quiser unir ambos, desejo e aspiração; ambos, nome e fama terrenos, com aspiração genuína pelo Altíssimo, ele não estará nem na vida espiritual nem na vida material ordinária, porque será puxado, constantemente, por duas forças opostas.

 

Houve um tempo

Em que eu queria nome e fama.

Aquele era o meu desejo humano.

Mas agora,

Eu quero apenas manifestar Deus

À Sua própria maneira.

De fato, esta é minha aspiração divina.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.