23 de dezembro: O Estado mais Elevado – meditação matinal diária

palavra-do-dia-when-i-am-in-my-heart

Espiritualidade não é como contornar uma costa; é justamente como o escalar – escalar dez mil Himalaias.

 

Temos que saber que a vida espiritual não é nem uma cama de espinhos e nem um leito de rosas. Há sempre desertos na jornada da vida. Todos têm de atravessar um deserto na sua aspiração mas, chegará um tempo em que não haverá mais desertos. A luz do dia é seguida pela noite, e novamente a noite pelo dia. Mas chega uma hora, na nossa aspiração interior, quando entramos numa consciência mais profunda, uma existência mais profunda em que nos tornamos um com a nossa alma. Quando formos capazes de ouvir os ditames da nossa alma, quando estivermos em comunhão com Deus, a nossa consciência então ficará cheia de luz. Cada pensamento, cada ideia ficará repleta de luz;, não haverá noite então. Tudo será luz. Esse é o estado realmente mais elevado.

 

A vida espiritual é árdua.

Mas os buscadores sinceros

Que hastearão derradeiramente,

Os estandartes da luz divina

E do deleite supremo,

Permanecerão sempre e sempre leais

Ao seu Comandante interior.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.