22 de dezembro: A Leitura Inspiradora – meditação matinal diária

palavra-do-dia-when-power-love-peace

As mudanças na nossa vida-aspiração devem ser aceitas tão devotada e alegremente, quanto as inspiradoras e envolventes mudanças nas estações.

 

Quando a aspiração oscila, encontramos dificuldade em mergulhar fundo no nosso interior. Não queremos meditar e, mesmo se meditamos, a nossa meditação não é boa. O que devemos fazer então nessa hora? Devemos ler livros inspiradores escritos por almas Deus-realizadas ou buscadores que procuram por Deus. E devemos sentir que o buscador sobre o qual estamos lendo não é outro senão nós mesmos. Cada ideia, cada pensamento ou clamor de aspiração do coração dele, deve ser sentido como nosso próprio. O autor usou um nome, mas é sobre o nosso próprio sentimento que ele escreve, sobre a nossa própria aspiração. Quando lermos os seus escritos devotados, devemos sentir que o seu clamor é o nosso clamor. Assim como ele segue em direção à luz, também precisamos sentir que queremos ir em direção à luz.

 

O meu coração ganha aspiração,

Somente quando escolho

A coisa certa para me transformar.

Qual é a coisa certa para me transformar?

Devo transformar-me no mais perfeito Instrumento de Deus.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.