18 de novembro: Falar e Escutar – meditação matinal diária

meditacao-guiada-falsehood-prospers-for-aday-menaka

Cada oração é divinamente importante. Cada meditação é supremamente significativa. Cada experiência é devotadamente frutífera.

 

No princípio vemos e sentimos, por meio da nossa meditação, que Deus faz tudo sozinho e que nós somos meros instrumentos. Mas com o tempo, quando mergulhamos profundamente no nosso interior, descobrimos que Ele não é somente o Agente mas, também a ação, que Ele não é somente a ação, mas também o resultado. Para simplificar a questão, podemos dizer que meditação são as conscientes e piedosas ordens de Deus para nós e que oração são as conversas sublimes e devotadas com Deus. Quando meditamos, Deus fala conosco e nós ouvimos, o mais devotadamente. Quando rezamos, falamos com Deus e Ele escuta, o mais compassivamente.

 

Quando medito em Deus,

Eu O vejo

Nas asas do silêncio.

Quando oro a Deus,

Eu O vejo dentro

Da caverna do som.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.