16 de setembro: A Experiência Divina – meditação matinal diária

meditacao-guiada-movement-is-equipped-with-capacity-menaks

O caminho mais efetivo para ver o divino nos outros é ver a todo momento o divino em nós mesmos, em cada célula do nosso corpo, em cada alento consciente.

 

A razão pela qual somos divinos num momento e, no próximo momento nos tornamos não-divinos, é que separamos um instante do outro. Mas não deveríamos fazer isto. Se neste momento sentimos que somos divinos, ou que alguém mais é divino, não devemos esperar que o próximo momento traga um outro tipo de experiência. Devemos tentar prolongar essa experiência em vez de ter outra experiência. Devemos pensar na experiência como um comboio e permitir ao comboio que vá de uma estação para outra sem parar. A experiência deveria seguir, de um instante ao outro, num movimento contínuo.

 

Fique com a sua mente-divisão –

Ninguém a quer!

Mantenha o seu coração-unicidade –

Todos precisam dele!

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano.