Meditação guiada diária: pureza no coração

por Sri Chinmoy

Meditação guiada extraída do livro 222 Técnicas de Meditação, de Sri Chinmoy.

Veja mais meditações guiadas diárias.

 

Pureza no coração | Nós podemos ter mais poder-coração repetindo: “Eu sou o coração, eu sou o coração, eu não sou a mente.” As qualidades do poder-coração são a pureza, a beleza e o sentimento de unicidade. Quando pensamos num templo, imediatamente pensamos no altar dentro dele. Pensamos nas flores, no incenso e tudo o mais no altar. Se não fosse por essas coisas, um templo seria como qualquer outro prédio. Mas quando dizemos ‘templo’, imediatamente, dentro do nosso corpo, dos nossos nervos, do nosso ser, sentimos algo puro. Alguma coisa eleva a nossa consciência. O que é? As velas, o incenso e as flores do altar. Pensamos em qualquer coisa que se relacione com a pureza.

Da mesma maneira, quando pensamos no poder-coração, o tesouro mais significativo que o coração tem é a pureza. Quando você pensa na mente, a pureza não é encontrada. Lá você pensa apenas em confusão ou supremacia: a mente pensa que você é inútil ou que o resto do mundo tem inveja de você. Não há ninguém que vá sentir ou estabelecer unicidade com a mente. As boas qualidades da mente são a serenidade, a clareza e a iluminação. Mas elas raramente são encontradas.

 

Uma flor no seu coração | Quando pensar no poder-coração, a primeira coisa é pensar em poder-pureza. O que nos dá um senso de pureza imediato? Qualquer flor de que você mais goste – uma rosa ou lótus ou qualquer outra flor. Você tem que sentir que está inspirando a beleza e a fragrância da flor que você mais gosta. Por favor, tente visualizar isso dentro do seu coração.

Primeiro sinta que a flor está lá. Imagine-a dentro do seu coração. A imaginação tem uma realidade própria. Tão logo imagine que há uma flor dentro de você, uma rosa ou qualquer outra, tente então sentir a fragrância dessa flor.

Então, após quinze minutos ou meia hora ou mesmo alguns dias, tente sentir que essa flor se torna invisível dentro do seu coração. Você não tem que ver a flor como tal, não tem que sentir a fragrância, não. Tão logo pense no seu coração, verá que ele se torna a mais linda flor, a mais linda rosa.

Logo, para adquirirmos poder-coração ou sermos conscientes do poder-coração, primeiro temos que desenvolver o poder-pureza. E dentro da pureza está a unicidade. A pureza aceita a todos. Uma criança é pura; é por isso que ela aceita a todos. Uma flor é pura; ela permite que qualquer um aprecie a sua beleza.

 

Quando olhamos para uma flor,

Adquirimos a sua fragrância.

Veja, por alguns segundos

Nossa consciência ascende

E nos tornamos auto-doação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.