18 de fevereiro: Perfeição e Sinceridade – meditação matinal diária

books-music-us

Perfeição significa viva, espontânea, constante unicidade com o Piloto Interior.

 

Por que ainda somos imperfeitos? Somos imperfeitos, justamente, porque não choramos pela perfeição em nós. Nós exigimos, ou no mínimo esperamos, infinitamente, mais perfeição nos outros do que em nós mesmos. Tal e tal pessoa são imperfeitas e eu tento torná-las perfeitas – é isso o que dizemos. Mas não é um absurdo da minha parte criticá-las e tentar torná-las perfeitas quando eu mesmo sou imperfeito? Nisso cometemos um erro do tamanho do Himalaia. Se formos sinceros o bastante, vamos perceber que perdemos muito tempo pensando nos outros. É bom pensar nos outros mas não com nossa mente crítica, invejosa e obscura. Se pensarmos nos outros com a luz da nossa alma, com a unicidade da nossa alma, então, automaticamente, correremos rumo à perfeição.

Quem é o verdadeiro perdedor?

Aquele que desfruta

O jogo-superioridade-inferioridade.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.