18 de janeiro: A Humildade e a Humanidade – meditação diária matinal

each-good-thought-is-an-open-door

Quando nos tornamos verdadeiramente humildes, oferecemos mais da nossa capacidade, divindade e realidade. Somente sendo humildes podemos tornar-nos o que realmente somos. Teremos maior utilidade e seremos de maior auxílio para a humanidade.

 

Devemos encarar a humildade como um presente divino e um presente supremo. É algo que temos de oferecer à humanidade. Sintamos que a humildade é o nosso sentimento de consagrada unicidade com a humanidade. Abordando a humildade no seu sentido mais puro e elevado, poderemos tornar-nos verdadeiramente humildes. Humildade não é tocar os pés de alguém. É algo a ser compartilhado com o resto do mundo. É a vida-Deus dentro de nós. Quanto mais nos elevarmos, maior será a nossa promessa ao Supremo na humanidade. Quanto mais luz recebermos, em virtude de nossa humildade, mais deveremos oferecer à humanidade.

Todos os dias

Você deve praticar a humildade

E juntar as suas mãos orgulhosas

Em preces Céu-ascendentes.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.