26 de novembro: Ambição e Aspiração – meditação matinal diária

love-is-not-flower

Por causa da sua ambição implacável você ficará eternamente uma criação inacabada.

 

Onde há ambição, há sempre um triste espírito competitivo. Você se torna ambicioso porque quer superar alguém; quer alcançar algo que os outros não alcançaram. Quando há ambição, existe o grande risco de que você não siga em direção ao seu real objetivo. A ambição talvez o leve para um destino que não é o seu destino real, mas o destino de outro. Porque a ode da ambição é a canção da superioridade sobre os outros que, consciente ou inconscientemente, leva-nos a outro objetivo.  Quando aspirar, não aspire apenas porque os outros aspiram ou porque quer ultrapassá-los em aspiração. Não, nesse caso não há um espírito competitivo. Estará satisfazendo a sua própria e absoluta necessidade interior. Irá aspirar por sentir que o seu grande dever é alcançar o objetivo destinado, para que possa ser de vasto serviço para o Absoluto Supremo.

Perdeu

O seu amado Deus-Satisfação

Porque superalimentou

O seu insistente corcel-ambição.

 

Do livro de Sri Chinmoy, A Jornada Alma da Minha Vida – Meditações diárias para inspirar as suas manhãs em todos os dias do ano. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.