“Não veio de mim – foi das alturas.” – Haydn

Joseph Haydn

 

Haydn, não apenas você oferece compaixão e encorajamento, mas também humildade e sinceridade genuína:

“Os amigos me bajulam dizendo que tenho um gênio para a música, mas ele [Mozart] está muito acima de mim.”

A sua humildade devotada é orgulhosamente abençoada pelas Alturas altíssimas. Numa performance de “A Criação”, você afirma: “Não veio de mim – foi das alturas.”

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.