Olhe fundo nos olhos na face do Amado: acima dos olhos erguem-se arcos mais belos que os portões da Kaaba – Sufi

Ó profeta, sobre o mundo o estandarte avassalador da sua alma

Se desfralda…

Testemunhe como a sua religião se espalha, até a Pérsia e Arábia

É levada.

Seus lábios abrem como botões de flor, e fluem suas sábias palavras,

Não apenas para humanos, mas os pássaros cantam no jardim sua dourada

Melodia.

O você, cuja beleza eu com grande felicidade testemunho, é berdade

Que a Natureza nunca criou tal jovialidade: beleza a

Ser amada.

Tal amabilidade me aprisionou, tão bem que eu de bom grado, pacientemente

Trilho o caminho da renúncia…. vou para onde seus pés

São levados.

Mas como nego a alegria do meu pobre coração, ou desisto da tristeza

Que acalento… pois a crueldade do amor do meu coração aflito

Lentamente sangrou.

Veja em que ferimentos flui o sangue escarlate, mas de onde fragrantes

rosas nascem, espinhos perfurando meus pés caminhantes rosas

Tornando-se.

Oh, Makhfi, se o sentinela da Kaaba fechar a porta diante de si,

Não reclame… você tem um lugar mais santo, nunca tema

Ser desdenhada…

Olhe fundo nos olhos na face do Amado: acima dos olhos erguem-se arcos

Mais belos que os portões da Kaaba: curve o coração, uma passagem ao Amigo,

Em seu lugar.

 

-Makhfi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.