Beethoven: No Céu nós somos. Na Terra nos tornamos.

Ludwig Van Beethoven

 

No Céu nós somos.

Na Terra nos tornamos.

No mundo interior nós somos.

No mundo exterior nos tornamos.

É certo que há um abismo imensurável

Entre “nós somos” e “nos tornamos.”

Infelizmente, nenhum ser humano

Pode permanecer

Ou está destinado a permanecer para sempre

Nas Altitudes transcendentais.

 

Ó crítico Eduard Hanslick, não estamos prontos para ouvir o que você teve a dizer:

“As primeiras composições de Beethoven são música; nas suas últimas composições, Beethoven inventa música.”

 

 

____________________

Comentários de Sri Chinmoy sobre os músicos clássicos extraídos do livro Pensadores-Filósofos do Ocidente, e Música, o Anseio-Coração do Êxtase, editora Agbook

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.