Uma vez que meu coração se apaixona, o que fazer? Por nada mais me interesso!

Uma vez que meu coração se apaixona,

O que fazer? Por nada mais me interesso!

Eles continuavam culpando-me, esses críticos:

reclamando, dizendo-me que esqueça.

Eles não tinham pena de mim, culparam-me…

Pela minha condição, destino, não se preocuparam!

Criticando-me, em seguida ameaçavam-me…

Dizendo que era justo, correto, serem ouvidos!

Suas acusações doíam; mas eu gostava,

Pois diziam sempre o nome Dele!

Era tudo uma desculpa por falta de paixão…

Tal carga eles não terão!

Um santo não se preocupa, ansioso:

Aqueles que dormem não estão acordados… desejando!

Um amante tem apenas tristeza, lágrimas por companhia

Quando o amado o deixa, e logo adoece.

Aquele que eu amo, secretamente mostra meu estado…

Mas isso deveria ajudar amantes verdadeiros!

Por um tempo Ele foi um segredo até que

Encontrei o amor, e então revelei o segredo.

Tive que agir então como louca;

Mas, por Deus, nunca estive louca!

Vida na morte Nele, é a primavera

No coração… e enquanto me curvava, alegrava-me.

Ele, um amante sem comparação,

Um cavaleiro tão corajoso que ninguém se iguala.

Por Ele, para Ele mantive

o eterno pacto, nunca quebrando-o.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.