Mas como pode vir o estupendo que nunca foi embora? – Emily Dickinson

A questão primordial é se Deus está dentro de nós o tempo todo, se Ele entra no nosso coração por longos períodos como convidado, ou se Ele só vem e vai. Com um profundo sentimento de gratidão, que eu chame a alma imortal de Emily Dickinson, cuja inspiração espiritual impele o buscador a conhecer o que Deus o Infinito é exatamente. Ela diz:

“O Infinito um Hóspede súbito

É como foi proposto –

Mas como pode vir o estupendo

Que nunca foi embora?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.